Jornal da Chapada

#Bahia: Deputada estadual Talita Oliveira condena projeto Millena Passos; “Mais um atentado contra a família”

A deputada estadual Talita Oliveira (Republicanos) | FOTO: Divulgação |

A deputada estadual Talita Oliveira (Republicanos) indicou, nesta quarta-feira (25), que irá votar contra o Projeto de Lei nº 22.845/2018, de autoria do deputado Zó (PCdoB), que dispõe sobre penalidades administrativas a serem aplicadas pela prática de atos de discriminação em razão de orientação sexual e identidade de gênero.

Segundo a parlamentar, “como se já não bastasse o tanto que as iniciativas privadas sofreram e ainda sofrem com os efeitos do lockdown do governador Rui Costa, do PT, agora a esquerda quer punir estabelecimentos que desobedeçam o projeto”.

“Ou seja, se um homem ou uma mulher que dizem ser de outro sexo se sentirem discriminados, o estabelecimento, seja ele público ou privado, sofrerá pena no bolso”, disse Talita.

“Isso nada mais é do que mais um atentado contra a família. É uma minoria barulhenta querendo impor suas regras ridículas em cima de uma maioria”, continuou a apoiadora do presidente Jair Bolsonaro.

O PL, que está hoje em pauta no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), foi batizado como Projeto Millena Passos em homenagem à primeira mulher trans do Brasil a ocupar um cargo na Secretaria de Políticas das Mulheres (SPM). Com informações de assessoria.

Pular para a barra de ferramentas