Zoo de Salvador disponibiliza programas voltados à educação ambiental

Postado em jan 22 2014 - 2:06pm por Jornal da Chapada
Zoo

Zoológico de Salvador | FOTO: Secom |

Sensibilizar o público e mantê-lo informado sobre a importância do meio ambiente e da relação do homem com a fauna e a flora. Este é o objetivo do Setor de Educação Ambiental do Zoológico de Salvador com seus oito programas educativos, de terça a domingo, das 8h30 às 17h. Eles contam com uma equipe de sete pessoas, que fazem o acompanhamento noturno, além de trabalhar com portadores de necessidades especiais. Segundo a bióloga e técnica de educação ambiental do zoo, Amina Razoni, todas as atividades podem ser conferidas e estão abertas para qualquer faixa etária. “Antes de tudo, temos um espaço com entrada gratuita, possibilitando acesso de qualquer classe da população. Disponibilizamos ao público atividades culturais para qualquer idade e que não encontramos em todo lugar na cidade”.

Um dos programas mais procurados é o Zoo Especial, que trabalha a educação ambiental com portadores de necessidades especiais. A bióloga explica como ele funciona. “Para o Zoo Especial acontecer, existe uma programação feita com antecedência pelo setor. Primeiro é levado em conta o tipo de deficiência que eles têm. Então, participam da palestra com animais empalhados e vivos (serpentes, sapos, cuícas, entre outros), que são colocados para que possam tocá-los e comparar as diferenças, incentivando assim o tato de cada um”.

Além dessa atividade, frutas, carnes e verduras são trazidas para que os portadores de necessidades especiais possam sentir o cheiro dos alimentos e poder diferenciar a comida de cada animal. “Trabalhos ainda com áudio de vocalizações de animais e sons da natureza também são utilizados para estimular a audição nos deficientes visuais”, explica a bióloga.

Visita em família
Para quem deseja passear no zoológico com a família, o parque disponibiliza um programa voltado exclusivamente para isso. No Zoo em Família, que acontece durante os fins de semana e feriados, são abordados temas como zoológicos, tráficos de animais, maus-tratos, animais em extinção e condutas no parque. “Dinâmicas voltadas ao público infantil, atividades lúdicas que envolvam artes, brincadeiras e historinhas, além de palestras com o público adulto, são disponibilizadas para o melhor conhecimento sustentável”, informa Amina.

Os interessados em participar de algum desses programas, que acumularam mais de 15 mil visitantes em 2013, ou saber mais informações devem entrar em contato com o Zoológico de Salvador através dos telefones 3116-7952/53/54. O parque fica no bairro da Ondina e funciona de terça ao domingo, inclusive feriados, das 8h30 às 17h.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.