Itabuna: PT reúne duas mil pessoas para debater demandas da região sul

Postado em fev 24 2014 - 3:37pm por Jornal da Chapada
bahia

A prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva, o pré-candidato ao governo Rui Costa e o deputado federal Valmir Assunção | FOTO: Vitor Fernandes |

Os pré-candidatos Rui Costa (governador) e Otto Alencar (senador) dão sequência às plenárias participativas para a construção do plano de governo que vai orientar as ações no estado para os próximos quatro anos. Recepcionados por políticos da região, entre prefeitas, deputados, militantes e membros da sociedade, no sábado (22), em Itabuna, os postulantes fizeram a apresentação da metodologia, assim como nos eventos anteriores, e destacaram as obras em andamento como a Ferrovia Oeste Leste, o Porto Sul, e a construção do Hospital Regional da Costa do Cacau, com licitação prevista para sair em junho deste ano.

rui

Para o pré-candidato ao governo, o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, o PT segue com força a pré-campanha | FOTO: Vitor Fernandes |

Presente na plenária de Itabuna, o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) defendeu a educação e a melhoria na infraestrutura dos assentamentos da região com inclusão produtiva. “Estive ontem no Lulão [Assentamento de Reforma Agrária, em Eunápolis] com a ministra do Desenvolvimento Social [Tereza Campello] e defendemos a ampliação de políticas públicas voltadas para os assentados e, sobretudo, a infraestrutura dos assentamentos, com inclusão produtiva. É um trabalho transversal e que perpassa pelo estado e pelos municípios”, declara Valmir ao lado da prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva (PT), do presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação e do vice-governador Otto Alencar (PSD).

Para o pré-candidato ao governo, o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, o PT segue com força a pré-campanha. “Iniciamos um debate que vai durar 60 dias, que queremos fazer aqui no sul do estado. Tenho convicção que vamos voltar em abril e coletar um conjunto de propostas para darmos um salto de qualidade no desenvolvimento da região”. Sobre o debate que envolve a composição da chapa da oposição e de um possível racha entre os partidos oposicionistas, Costa disse: “Digo sempre que temos que nos preocupar com o nosso time. O time adversário cabe aos adversários organizar. Vou segui minha caminhada e, pelo visto, eles estão brigando muito, eu vou seguir com a base unida e ouvindo o povo”, completa.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.