Ativista LGBT é morto em Salvador em tentativa de assalto; amigos lamentam a perda

Postado em nov 10 2017 - 10:55am por Jornal da Chapada
doss

Amigos e familiares usam as redes sociais para lamentar a perda do estudante Felipe Doss, que também era militante do movimento LGBT | FOTO: Divulgação/Facebook |

Um estudante universitário foi baleado e morto na região do Parque São Brás, no bairro da Federação, em Salvador, na noite da última quinta-feira (9). A vítima, identificada como Felipe dos Santos Silva Parques, mais conhecida como Felipe Doss, tinha 26 anos. Por meio das redes sociais, o reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, divulgou uma nota lamentando a perda e contando que o estudante foi vítima de uma tentativa de assalto. “Foi baleado em um assalto no Parque São Brás, onde residia, e não resistiu (…). Querido Felipe Doss, estamos sem palavras, por estarmos agora sem seu riso”, declarou.

Amigos e familiares usam as redes sociais para lamentar a perda do estudante, que também era militante do movimento LGBT. “Um camarada se foi. Uma parte de toda LGBT preta que luta por um mundo diferente foi junto com ele. Poderia ser qualquer um de nós. Meus sentimentos e toda força pros companheiros da Quilombo, amigos e familiares de Doss”, diz uma das homenagens. Nas redes sociais, Doss fazia questão de defender a sua militância no movimento. “Do Comunismo à Astrologia, passeando pela Cultura POP e ocupando a Política lutando pelos direitos de quem não tem, e dando voz para as histórias e trajetórias silenciadas”. As informações são do G1.

Obs: O velório de Felipe Doss será nesta sexta-feira (10), na sala 03 do Cemitério Campo Santo, na Federação, em Salvador, às 16h.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.