Jornal da Chapada

Chuvas trazem prejuízos à Chapada Diamantina, apesar de apagar os incêndios

Ruas ficaram alagadas em diferentes municípios da Chapada Diamantina, como em Bonito | FOTO: Divulgação |

A chegada das chuvas em todo estado da Bahia deu alegria a muitas pessoas das mais variadas regiões, mas por certo as mais contentes devem ser os moradores, cidadãos e visitantes da Chapada Diamantina. As águas vieram para aplacar os incêndios que ocorreram por mais de 70 dias e consumiram milhares de hectares de vegetação, e encheram rios, mas também trouxeram alguns problemas.

Em Itaberaba, avenidas também ficaram alagadas | FOTO: Divulgação |

A infraestrutura das cidades não está preparada para receber água da chuva. Os ventos fortes trouxeram destruição em muitas localidades, como Jacobina, onde várias árvores foram arrancadas. Em Itaberaba, Bonito, Mairi, Piritiba, Mundo Novo, Lençóis, Mucugê, entre outras cidades, ruas e centros comerciais ficaram alagados, postes de energia elétrica foram derrubados, pequenos deslizamentos de terra, carros destruídos, muitos prejuízos materiais, mas com a boa notícia de não se ter informações de vítimas.

Mudança no clima
O clima “virou” na Bahia. Segundo o site ClimaTempo, áreas de instabilidade associadas a uma grande frente fria se espalharam pelos estados da Bahia e de Sergipe, provocando chuva moderada a forte, com trovoadas e algumas rajadas de vento desde o início da semana. Inclusive no interior do estado vizinho foram registradas chuvas de granizo. A instabilidade persiste pelo menos até sexta-feira em grande parte das áreas baianas, no sertão pernambucano, no centro-sul do Piauí e do Maranhão. Não se descarta chuva forte, raios e eventuais rajadas de vento.

Jornal da Chapada

Pular para a barra de ferramentas