Jornal da Chapada

Bahia terá operação especial para o feriado de Tiradentes; Chapada Diamantina é destino

A expectativa é que 38 mil pessoas passem pelo Terminal Rodoviário de Salvador | FOTO: Reprodução/Robson Mendes |

Pra quem está planejando sair de Salvador durante o feriado de Tiradentes, na próxima quinta-feira (21), terá à disposição horários de transporte e fiscalizações especiais nas estradas. Por conta da possibilidade do fim de semana prolongado, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) planejou serviços com esquemas diferenciados, a partir da quarta-feira (20) até domingo (24). As ações servem tanto para quem optar pela viagem em ônibus intermunicipais e interestaduais, quanto para os que preferem dirigir pelas rodovias estaduais. A expectativa é que 38 mil pessoas passem pelo Terminal Rodoviário de Salvador. Entre os destinos mais procurados estão Porto Seguro, Itacaré, Ilhéus, Itabuna, Vitória da Conquista, Barreiras, Chapada Diamantina, além da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e Recôncavo baiano.

No Terminal serão disponibilizados 100 horários extras além dos 540 que já funcionam diariamente. Caso haja demanda, a quantidade ainda pode ser ampliada, de acordo com o coordenador desta Agência, Abdul-Ramid. “Além dos horários extras, está disponível a compra de passagens antecipadas, o que evita as filas no dia da viagem permitindo que as pessoas garantam os horários de passagens”. Segundo ele, é essencial que os baianos e turistas evitem o transporte clandestino por conta dos riscos que as pessoas correm.

Fiscalização
Durante o período do feriado, serão realizadas blitz nas BA’s e BR’s, a fim de combater o transporte clandestino intermunicipal. A Agerba, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e a Estadual, já vem participando de operações semelhantes, na tentativa de coibir a prática nas cidades e nas estradas da Bahia. A Agência alerta aos usuários para o grande perigo de embarcar em um veículo clandestino, que, além de não possuir vistoria, não conta com a cobertura do seguro, em caso de acidente. A ação crescente dos clandestinos no sistema intermunicipal de transporte de passageiros tem se constituído em uma preocupação constante.

Cuidados
Todo o cuidado deve ser adotado pelo usuário na hora de contratar um serviço de transporte para viagens. A primeira coisa que deve ser feita é exigir da empresa, no momento de se contratar o serviço, o certificado de vistoria do veículo expedido pela Agência. Outro detalhe é que a empresa ou o proprietário do veículo a ser alugado deve ter uma Licença Especial, também expedida pelo órgão. O documento só é emitido pela agência se o veículo estiver com vistoria em dia. É preciso, portanto, muito cuidado, principalmente nesta época do ano, quando muitas pessoas formam grupos para viagens. Um veículo sem vistoria e sem licença para trafegar é um perigo e uma ameaça para a vida dos seus ocupantes.

Reclamações
As reclamações poderão ser feitas nos terminais rodoviários, onde existem postos de fiscalização da Agerba ou através do telefone 0800 071 0080, da Ouvidoria da Agência, todos os dias da semana, das 7h às 19h. As informações são da Ascom da Agerba.

Pular para a barra de ferramentas