Jornal da Chapada

Bahia: Campanha Coração Azul alerta sobre tráfico de pessoas

Equipe entregou panfletos que explicam sobre tráfico humano em Salvador| FOTO: Divulgação |

Os passageiros do foram alvos de uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos e Desenvolvimento Social do Estado (Justiça Social), que busca conscientizar e alertar a população sobre o tráfico de pessoas para o trabalho escravo e a necessidade de denunciar o crime, quando detectado. A iniciativa faz parte da Campanha Coração Azul, realizada por meio do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.

Durante a abordagem, na quinta-feira (28), a equipe do órgão entregou panfletos que explicam sobre tráfico humano, o perfil dos aliciadores e das vítimas, para que fim os aliciadores praticam o tráfico, como eles abordam as vítimas e como denunciar. Segundo a coordenadora do NETP, Isaura Genoveva, “a campanha tem caráter pedagógico de instrumentalizar a sociedade para que ela seja parceira na luta contra o tráfico de pessoas”.

Durante a entrega do material, o superintendente da Rodoviária, Claúdio Cazumbar, elogiou a iniciativa da secretaria. “Campanhas educativas como a do Coração Azul são primordiais aqui no terminal. Os usuários tomam conhecimentos de assuntos importantes como o tráfico de pessoas e adquirem informações necessárias para combatê-lo”.

Para a técnica de enfermagem Heliana Cavalcante, “a campanha é muito válida, pois ajuda as pessoas a se conscientizarem da importância do combate a este tipo de crime. Esse assunto é antigo e vem se agravando com o avanço tecnológico e a ação instrui como identificar e denunciar as autoridades”.

De âmbito mundial, a Campanha Coração Azul tem o objetivo de reafirmar e ampliar o compromisso na luta pela erradicação do tráfico de pessoas, uma modalidade que contribui para a propagação de crimes como exploração sexual, trabalho escravo e tráfico de órgãos. As informações são da SJDHDS.

Pular para a barra de ferramentas