Jornal da Chapada

Chapada: Prefeito de Utinga destaca medidas para conter o Covid-19; caso suspeito é monitorado no município

A prefeitura emitiu uma nota sobre o suspeito de infecção por coronavírus; o paciente tem histórico de viagem para o exterior e está isolado.

Por meio das redes sociais, o prefeito de Utinga, na Chapada Diamantina, Joyuson Vieira, se pronunciou sobre medidas contingenciais adotadas por sua administração no combate e prevenção ao coronovírus (Covid-19). Nesta terça-feira (17), a prefeitura também emitiu uma nota sobre o primeiro registro de suspeito de infecção, onde o paciente está isolado e todo o protocolo foi seguido, e aguarda resultado laboratorial.

No vídeo, Joyuson Vieira destaca a atuação rápida da equipe e lembra que não precisa de pânico, pois o caso suspeito tem histórico de viagem ao exterior. “Estamos enfrentando uma pandemia, isso é fato. Não podemos, entretanto, transformar isso em um pandemônio. Temos que agir com responsabilidade, de forma a não gerar pânico, mas também não seremos negligentes com a situação que é bastante grave”, aponta Vieira.

O gestor tranquiliza a população informando que o hospital, que está em fase final de reforma, encontra-se bem equipado para caso haja uma eventual necessidade. “Quero informar que nosso hospital está passando por uma reforma, já no finalzinho e está muito bem equipado, com grandes profissionais. Queremos parabenizar e agradecer toda a equipe da saúde pública municipal”, frisa.

No vídeo, Joyuson cita a construção de um ‘Comitê de Crise’ composto por todos os secretários, prefeito, e vice-prefeito, para passar à comunidade utinguense todas as informações que estiverem ao alcance. Ele ainda informa outras medidas contingenciais, tais como a suspensão de afastamento dos profissionais da saúde, da assistência social e profissionais de áreas estratégicas do governo municipal. “Estamos suspendendo todo e qualquer evento que possa formar aglomerações do tipo festas, reuniões, inaugurações tudo aquilo que possa aglomerar pessoas”, reforça o gestor.

Nota da prefeitura nega caso

Além do pronunciamento, a Secretaria Municipal de Saúde emitiu uma nota de esclarecimento do caso suspeito no município. “Trata-se de uma paciente com histórico de retorno de viagem ao exterior, que apresentou sintomas compatíveis com a pandemia. O quadro da paciente é clinicamente estável e permanece em isolamento domiciliar”, aponta a nota.

A nota ainda esclarece que a coleta para testagem foi realizada e que o caso segue monitorado pela pasta da Saúde. A prefeitura segue todo o protocolo estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e governos estadual e federal. Também informa que não há motivo para pânico. “É imprescindível que cada um de nós siga as orientações de precaução e cuidados”, completa a nota publicada na página oficial da prefeitura.

Jornal da Chapada