Jornal da Chapada

#Polêmica: PSD da Bahia não aceita entrar na conta do presidente Jair Bolsonaro; partido emite nota

"Seremos, como sempre fomos, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, oposição responsável ao governo Bolsonaro e a favor do Brasil", aponta nota assinada pelos políticos.

Em nota à imprensa, neste sábado (30), os senadores da Bahia pelo PSD, Otto Alencar e Ângelo Coronel, afirmaram que não aceitam entrar na conta do apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em troca de cargos, muito menos compor o chamado ‘Centrão’.

“A nomeação para a Fundação Nacional de Saúde [Funasa] não teve a nossa interferência ou concordância com o nome do indicado”, diz a nota dos políticos.

Essa manifestação foi feita ao líder do PSD na Câmara Federal, deputado Diego Andrade, responsável pela indicação de um nome de sua confiança e do Estado de Minas Gerais.

“Seremos, como sempre fomos, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, oposição responsável ao governo Bolsonaro e a favor do Brasil”, frisam os baianos.

A nota do PSD da Bahia e assinada também pelos deputados federais Charles Fernandes, Antônio Brito, Sérgio Brito, Zé Nunes, Paulo Magalhães e Otto Alencar Filho, todos representantes do partido no estado.

Jornal da Chapada