Jornal da Chapada

#Chapada: Quinta edição da ‘Expedição Chapada Diamantina’ é cumprida pelo grupo ‘Sou Mais Pedal’; veja documentário

Para que uma ciclo-viagem dessa proporção fosse possível, o apoio com ferramentas para reparo das bicicletas, material para primeiro-socorros, água e suprimentos alimentares foi imprescindível.

O grupo de ciclistas ‘Sou Mais Pedal’ realizou a quinta edição da ‘Expedição Chapada Diamantina’ neste ano. O grupo de 21 ciclistas percorreu oito cidades durante três dias de pedalada. O documentário da expedição está disponível no canal do YouTube da equipe.

Os organizadores da expedição Josmar Pires, George Fontes e Napoleão Barros elaboraram o percurso de mais de 370 quilômetros, saindo da cidade de Itiruçu, no Vale do Jiquiriça, com destino a Lençóis, no coração da Chapada Diamantina.

A aventura com um ganho de elevação de mais de 6 mil metros, pelo bioma da Caatinga e em um terreno bastante diversificado, tornou a aventura ainda mais desafiadora para seus participantes. “A Chapada é uma região única que guarda seus mistérios e suas dificuldades”, conta George Fontes.

“É um percurso maravilhoso, tenho certeza de que os expedicionários irão amar”, completou o ciclista Fernandes Caires. Os participantes foram unânimes em descrever o cenário como “espetacular, inesquecível e repleto de maravilhas naturais” que os “motiva a vencer todos os obstáculos”.

A região da Chapada Diamantina é conhecida pela elevada altitude, vegetação árida de caatinga, inúmeras cachoeiras, rios, vales, montanhas, e diversas cidades e povoados acolhedores, de beleza única e arquitetura diversificada. “Já rodei a Chapada muito e cada vez ela surpreende a gente, venha conhecer, será inesquecível”, convida o ciclista Napoleão Barros.

“A Chapada é uma região única que guarda seus mistérios e suas dificuldades”, conta George Fontes | FOTO: Divulgação |

Dentre os destinos dos ciclistas estiveram a cidade de Iramaia, os povoados de ‘Raposa’, de ‘Guiné’, a cidade de Palmeiras e o Vale do Capão; além da cidade de Mucugê – que abriga trecho do Parque Nacional da Chapada Diamantina, uma área de proteção ambiental criada em 1985, repleta de riquezas naturais, cênicas e históricas que não são encontradas em nenhuma outra região do estado.

Para que uma ciclo-viagem dessa proporção fosse possível, o apoio com ferramentas para reparo das bicicletas, material para primeiro-socorros, água e suprimentos alimentares foi imprescindível. “A bike nos proporciona experiências únicas e incríveis, a Chapada Diamantina, sem dúvidas, foi uma delas”, acrescenta o ciclista e organizador George Fontes. Os organizadores da expedição prometem dar continuidade ao projeto e em 2022 percorrerem novas paisagens na região.

Jornal da Chapada

Pular para a barra de ferramentas