Jornal da Chapada

#Lençóis: Prefeita Vanessa Senna quer reativar voos para reduzir impacto econômico da crise sanitária na região

A gestora deve se reunir com ministro do Turismo e outras autoridades políticas para tratar da demanda de forma urgente.

A prefeita de Lençóis, na Chapada Diamantina, Vanessa Senna (PSD), afirmou, durante entrevista ao programa Metrópole Turismo da última terça-feira (27) – que está em busca de retomar os voos que levavam turistas até o município, um dos destinos mais procurados da Bahia. Ela entrará em uma audiência prevista para esta quarta-feira (28) com o ministro do Turismo, Gilson Machado.

“O aeroporto de Lençóis está fechado. Aquela estrutura toda parada e a gente perdendo com isso por conta de não está acontecendo esse voo”, informa a gestora, sobre a suspensão de dois voos semanais, que interligavam o município chapadeiro e a capital baiana, todas as quintas e domingos.

A prefeita Vanessa Senna durante entrevista para rádio da capital | FOTO: Reprodução/YouTube |

Além disso, a paralisação que está em vigor desde o ano passado, também afetou os voos esporádicos em conexão com outras cidades. “Tínhamos alguns voos direto de Belo Horizonte. Geralmente em julho, ou para São Paulo também. Eram voos temporário só para outra estação mesmo”, cita.

A prefeita disse que a falta de turistas no local impacta a economia, visto que Lençóis é uma cidade, em sua maioria, turística. “A Chapada tem várias cidades que unem o turismo, a outras coisas como o caso de Mucugê, que tem o agropolo muito forte. Mas Lençóis tem uma economia quase exclusivamente, 90% baseada no turismo. Uma cidade que surgiu do garimpo, que teve garimpo em toda a sua formação por muito tempo e depois que o garimpo foi proibido teve que se reinventar. E aí se descobriu o turismo, hoje, praticamente, a cidade vive disso”, analisa.

Nos comentários, alguns ouvintes pontuaram que não foram ainda na Chapada Diamantina, principalmente por falta de dinheiro. Contudo, Vanessa ressalta que o destino é bastante democrático e oferece vários tipos de atividades, acomodações, e uma variedade gastronômica. Ela ainda avaliou a importância do município para a região da Chapada Diamantina.

“É uma cidade que dá acesso à Chapada. Hoje, por ter aeroporto, é a cidade que, na verdade, emite turistas, visitantes para outros municípios. Mas em Lençóis tem também muitos pontos turísticos bem interessantes como Serrano, como Ribeirão do Meio. Temos alguns passeios que não foram explorados ainda, são pouco explorados. A gente é muito, graças a Deus, rico nessa parte. A gente é presenteado. É um destino que se vende sozinho”, diz Senna, ao recordar que a cidade foi escolhida como o melhor destino de ecoturismo do Brasil em 2019. Jornal da Chapada com informações de Estado da Bahia.

Pular para a barra de ferramentas