Jornal da Chapada

#Brasil: Menino de 7 anos pede carne em carta para o Papai Noel; conheça a história

“Papai Noel, meu sonho é ganhar uma carne para passar com a minha família”, pediu o menino | FOTO: Montagem/Reprodução |

Brinquedos são os pedidos mais comuns por parte das crianças no Natal. No entanto, o pequeno Hector, de 7 anos, fez um pedido especial neste ano: “Papai Noel, meu sonho é ganhar uma carne para passar com a minha família”, pediu o menino.

Desde o início da pandemia, a família do menino está passando por uma situação difícil em Arroio Grande, no Rio Grande do Sul, onde reside. A matriarca, Patrícia Fros de Braz, 35 anos, cuida das crianças, enquanto depende dos bicos que o seu marido, Leandro Alves de Medeiros, 27 anos, e sua filha mais velha, Rosiane Braz de Andrade, 19 anos, fazem, como capineiro e cuidadora de idosa, respectivamente.

Hector tem mais dois irmãos: Maryanne, 9 anos, e Oliver, de 9 meses. A família precisou reduzir alguns gastos, na medida em que os trabalhos foram diminuindo. Um destes gastos foi com a carne, que obteve um grande aumento de preço. “A gente compra, mas agora são miúdos, ossos, essas coisas mais baratas”, disse ela.

Hector tem mais dois irmãos: Maryanne, 9 anos, e Oliver, de 9 meses | FOTO: Reprodução |

Fã de churrasco, Hector perguntou à mãe se a família faria um neste Natal. No entanto, ouviu da mãe que a carne estava cara, o que levou ele a fazer uma carta, com o pedido, para o Papai Noel. Ele escreveu a carta com a ajuda da mãe, já que aprendeu a escrever sozinho este ano.

“Sentamos na mesa e eu o ajudei a escrever. Ainda disse a ele que seria difícil, pois estava tudo muito caro”, lembrou a mãe. “Ele me disse que eu ficasse tranquila, pois o papai Noel sempre ajudava todo mundo, porque ele era Deus”.

A atitude do menino comoveu algumas pessoas que decidiram fazer uma cesta de Natal para a família. No entanto, a situação deles permanece difícil. Essa semana a energia deles foi cortada, já que com a crise financeira, precisaram priorizar comida. Jornal da Chapada com informações da revista Crescer.

Pular para a barra de ferramentas