Jornal da Chapada

#Eleições2022: ACM Neto critica presença de Jerônimo, Geraldo Jr e Otto em assinatura de convênios com prefeitos ao lado de Rui

ACM Neto | FOTO: Divulgação |

O pré-candidato do União Brasil ao governo da Bahia, ACM Neto, criticou, durante sabatina ao UOL/Folha de São Paulo realizada na manhã desta quarta-feira (25), a presença dos pré-candidatos a governador e a vice-governador, Jerônimo Rodrigues (PT) e Geraldo Jr (MDB), e do pré-candidato ao Senado, Otto Alencar (PSD), durante a assinatura de convênios assinados pelo governador Rui Costa (PT) com prefeitos do interior da Bahia. Segundo Neto, a ação é eleitoreira.

“O absurdo que acontece na Bahia é o governador do Estado, em plena Governadoria, ter ao seu lado o pré-candidato do PT [a governador, Jerônimo Rodrigues] que não ocupa nenhum cargo público no Estado, o pré-candidato a vice-governador [Geraldo Jr] que também não tem função estadual, é função municipal [por ser presidente da Câmara Municipal de Salvador]. Estão lá toda vez que um prefeito vai assinar um convênio eleitoreiro; está lá o pré-candidato do PT, está lá o pré-candidato a vice-governador e o pré-candidato ao Senado [Otto Alencar], os três ao lado do governador, na Governadoria, tirando foto com convênio ao lado de prefeito”, criticou o ex-prefeito de Salvador.

Oposição estadual e federal
No mesmo trecho em que criticou o governador por levar a tiracolo os pré-candidatos da chapa apoiada por ele, Neto disse que é oposição tanto ao governo estadual quanto ao governo federal. “Eu sou oposição há dezesseis anos, sou oposição federal, sou oposição estadual e estou construindo uma caminhada com base no apoio do povo baiano”, declarou.

Ao falar da assinatura de convênios com a presença dós pré-candidatos apoiados por Rui, ACM Neto repetiu que essa prática se tornou “instrumento de ameaça do governo para manter prefeitos da Bahia sobre o seu comando”. Segundo ele, essa estratégia não está dando certo porque a aliança dele é com o povo da Bahia. “Onde nós chegamos, as pessoas têm nos recebido, graças a Deus, com muito carinho e espontaneamente”, comentou. Com informações do Política Livre.

Pular para a barra de ferramentas