#Polêmica: Defesa de Geddel alegou risco de ‘estupro’ para tentar tirar ex-ministro da Papuda

Postado em set 14 2017 - 8:07pm por Jornal da Chapada
lima

Geddel estaria com receio de ser violentado dentro da prisão | FOTO: Reprodução |

Risco de “estupro” na Penitenciária da Papuda. Essa foi uma das alegações da defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) para que o político baiano volte para a prisão domiciliar em seu apartamento em Salvador. Entretanto, o pedido foi negado pela juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, na tarde da quinta-feira (14). Ela ressaltou o fato de os advogados do peemedebista terem supostamente se baseado em informações “inverídicas” e “especulativas” na petição.

A defesa teria se baseado em matéria publicada no portal “A Folha Brasil”, no dia da prisão do ex-ministro, noticiando que mensagens vazadas por familiares de detentos do Complexo Penitenciário da Papuda dariam conta de “ameaças de estupro” que teriam sido “enviadas aos políticos que estão cumprindo pena ou prisão preventiva”.

Conforme a “reportagem” citada pela defesa de Geddel, facções criminosas teriam avisado aos acusados de corrupção que precisariam prestar serviços sexuais e domésticos aos demais internos. “Um famoso ex-deputado já está ‘casado’ com um traficante. Seus familiares estão pedindo intervenção da Justiça para que a violência e humilhação cessem o mais breve possível”, diz trecho da matéria. Com informações do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.