Prefiro as pisadas do MST que o barulho das balas entre traficantes de Salvador, diz Wagner

Postado em fev 11 2014 - 7:29pm por Jornal da Chapada
wagner

O governador Wagner com o dirigente nacional do MST Márcio Matos e com o deputado Valmir Assunção | FOTO: Mayra Lima |

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), participou, na tarde desta terça-feira (11), do sexto Congresso do MST, para ouvir demandas e debater políticas de reforma agrária e de infraestrutura para assentamentos rurais. Na visita, a convite do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), Wagner percorreu todo o espaço do congresso e fez uma saudação aos mais de 15 mil militantes do MST. O evento acontece até o dia 14 de fevereiro, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

mst

Valmir Assunção leva Wagner para o congresso nacional do MST em Brasília | FOTO: Mayra Lima |

Durante seu trajeto, o chefe do Executivo baiano comentou sobre as críticas ao movimento de luta pela terra e deixou evidente que continua na busca de implantar novas políticas. “Prefiro escutar o barulho das pisadas do MST que o barulho das balas entre traficantes nos bairros superlotados de Salvador”, afirma Wagner. Ele ainda completa: “Se o governo não for capaz de ser portador da esperança, de dias melhores, de uma sociedade mais justa e igualitária, mais pessoas vão se desesperançar e traçar caminhos que não queremos, o caminho do tráfico e da criminalidade, por isso, parabéns à luta do MST”.

De acordo com o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), a visita de Wagner ao congresso é um importante sinal de comprometimento do governo da Bahia com a pauta camponesa no estado. “O MST tem a tarefa de permanecer em luta, sempre mobilizados e em diálogo com o governo para que a reforma agrária na Bahia avance e continue forte no programa de governo que estamos construindo no PT para o próximo período”, pontua.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.