Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

CAR apresenta nova proposta para redução da pobreza e inclusão sócioprodutiva

pobreza
O Bahia Produtiva faz parte da estratégia do governo estadual para redução das desigualdades e superação da pobreza em todo o estado | FOTO: Meramente Ilustrativa/Arquivo |

Governo do Estado da Bahia, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa da Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir), apresenta nesta quarta-feira (19), às 9h, no Hotel Sol Bahia, no bairro Patamares, em Salvador, o Bahia Produtiva – nova proposta de ações voltadas para redução da pobreza e inclusão sócioprodutiva no estado.

O novo projeto, uma continuidade das ações do Produzir, com raio de atuação ampliado para os projetos produtivos, terá como objetivo promover o desenvolvimento rural sustentável com o fortalecimento da agricultura familiar e economia popular, baseado nos princípios da agroecologia, infraestrutura sócioprodutiva, inserção nos mercados e seguranças alimentar e hídrica.

O Bahia Produtiva faz parte da estratégia do governo estadual para redução das desigualdades e superação da pobreza em todo o estado. O projeto sucede o programa Produzir, que está concluindo, no primeiro semestre de 2014, a última das quatro edições.

Desde 1996, o programa, executado pela CAR, atuou no desenvolvimento das comunidades de 407 municípios do estado, através da implantação de projetos voltados ao meio rural, beneficiando cerca de 1 milhão de famílias de agricultores familiares, assentados da reforma agrária, jovens e mulheres rurais e comunidades quilombolas e povos indígenas.

Meio rural
Resultados como a inclusão social e econômica das populações em situação de pobreza do meio rural e formação do capital social, observados por estudos de avaliação de impacto do Produzir, foram alguns dos fatores que credenciaram o governo estadual a propor o Bahia Produtiva. A atuação do novo projeto abrangerá todos os Territórios de Identidade do estado, exceto a capital baiana, atendendo 416 municípios.

Com um investimento total de US$ 260 milhões, serão beneficiadas 150 mil famílias com ações na agricultura familiar (94.215), quilombolas (12.111), indígenas (3.232), reforma agrária (20.468) e economia popular (19.974).

Avaliação de impacto
No seminário, serão apresentados os resultados da avaliação de impacto do programa Produzir. Os dados, obtidos através de pesquisas de campo, foram levantados pela Funcamp – Fundação de Desenvolvimento da Unicamp.

O evento terá a participação de secretários estaduais, do diretor executivo da CAR, José Vivaldo Mendonça, da representante do Banco Mundial, Fátima Amazonas, técnicos da CAR, e representantes de associações comunitárias apoiadas pela empresa para o desenvolvimento de várias atividades.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios