Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Rui Costa leva João Leão para a primeira agenda como vice na majoritária

petistas
Plano de Governo Participativo reúne coordenadores territoriais, políticos e pré-candidatos | FOTO: Ascom/Rui Costa |

Um dia após ser oficializado na vaga de vice-governador, na chapa majoritária encabeçada pelo petista Rui Costa, João Leão (PP) já participou de atividade para continuar com a metodologia aplicada pelos trabalhadores na construção do Plano de Governo Participativo (PGP). A plenária de estreia de Leão como vice aconteceu neste sábado (22), no Colégio Sagrado Coração de Jesus, no bairro de Nazaré, em Salvador e contou com a presença de representantes de 13 territórios de identidade, além do presidente do PT, Everaldo Anunciação, prefeitos, vices, vereadores e lideranças como os deputados federais Valmir Assunção e Josias Gomes, a estadual Maria Del Carmen e do secretário estadual de Relações Institucionais, Cícero Monteiro.

De acordo com o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), a intenção é intensificar as atividades no interior como vem acontecendo, mas também reunir políticos para compor estratégias e delimitar atividades em diferentes bairros da capital. “Vamos ouvir todos os bairros e comunidades de Salvador, os setoriais, os movimentos sociais, as pessoas que lutam por melhores condições em áreas periféricas para ampliarmos os serviços e equipamentos públicos”, pontua Valmir. A elaboração participativa foi definida pelo pré-candidato a vice João Leão como uma ação inovadora. “Geralmente, os candidatos contratam a elaboração do documento. A decisão dessa turma foi fazer um ‘rolezinho’ por toda a Bahia”, brinca o pré-candidato.

A plenária em Salvador reuniu ainda representação da executiva estadual do PT, como o secretário de Finanças Ivan Alex e o secretário de organização, Elio Santana. No encontro foram representados os territórios do Sisal, Bacia do Jacuípe, Metropolitana, Oeste, Recôncavo, Piemonte do Itapicuru, Extremo Sul, Portal do Sertão, Litoral Sul, Médio Rio de Contas, Baixo Sul, Sertão Produtivo e Sertão do São Francisco. “Estamos constituindo uma pedagogia de participação popular. As pessoas querem e devem ter pertencimento na elaboração de novos passos para a sua região. Hoje, fizemos uma rodada sobre as ações feitas em cada território já mobilizado e tomamos decisões, como a constituição de um conselho político em cada território, com a presença de todos os partidos que estão nos apoiando”, explicou Rui Costa em texto enviado para a imprensa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios