Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Líder do PT critica Oposição e defende Petrobras na compra da Refinaria de Pasadena

rosemberg
O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) | FOTO: Assessoria |

“Isso é uma tentativa de destruição da Petrobras”, declarou o líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Rosemberg Pinto, durante discurso na tarde desta segunda-feira, 24, no plenário da Casa. O líder do PT defendeu a Petrobras e criticou falas da Oposição a respeito da compra da Refinaria de Pasadena nos Estados Unidos. “Tudo isso é matéria requentada. O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, foi ao Senado ano passado explicar aos senadores, em especial aos do PSDB, a compra da refinaria, e 90% dos senadores presentes sequer fizeram perguntas porque desconheciam qualquer tipo de possibilidade de questionamento quanto a negociação”, declarou o líder.

Leia também:
Líder da oposição defende instalação de CPI para investigar operação “malcheirosa” da Petrobras

Ao discursar, Rosemberg relembrou ações e tentativas da Oposição para vender a Petrobras nos governos anteriores. “Nós que fomos à rua para defender que esta empresa não fosse vendida. Tentaram mudar o nome da Petrobras para Petrobrax como uma possibilidade de atrair o mercado internacional. Deixaram de investir na companhia e saímos de 50 mil empregados para 22 mil empregados. Perdemos a maioria dos nossos gestores, dos nossos engenheiros. Perdemos um capital intelectual para a iniciativa privada porque tentaram destruir a companhia. Foi a nossa gestão que recuperou a Petrobras”.

Sobre a Refinaria de Pasadena, o líder informou que hoje, a mesma processa 100 mil barris de petróleo, sendo uma boa refinaria. “Eu desafio qualquer parlamentar para um debate de conteúdo sobre este assunto. Não falo de um debate partidário, PT, PMDB, PFL/DEM, mas sim de informações e números”, rebateu.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios