CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Salão de Artes Visuais traz exposição para Lençóis a partir de 11 de abril

salão
A exposição na cidade histórica de Lençóis será aberta no dia 11 de abril, na Casa Afrânio Peixoto, com visitação até 25 de maio | FOTO: Ilustração/Tiago Barreira |

A partir do mês de abril próximo, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura (Secult), vai realizar as três últimas etapas dos Salões de Artes Visuais da Bahia 2013, nas cidades de Lençóis, na Chapada Diamantina, Barreiras, na região oeste, e Vitória da Conquista, no sudoeste. A retomada conclui integralmente o projeto, que, pela primeira vez em 21 anos de criado, depois de já ter passado, em 2013, no município de Feira de Santana, no centro norte, e Teixeira de Freitas, no extremo sul, promove cinco exposições em cinco cidades-sede, cada uma pertencente a um macroterritório de identidade do estado.

A primeira exposição, na cidade histórica de Lençóis, será aberta no dia 11 de abril, na Casa Afrânio Peixoto, com visitação até 25 de maio. No dia 10 de maio, em Barreiras, no Mercado Coparrosa, até 26 de junho. Em 18 de julho, chega a Vitória da Conquista, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, até 31 de agosto. Todos os eventos têm visitação aberta ao público gratuitamente. No dia da abertura de cada Salão, três obras entre as expostas são premiadas com R$ 7 mil, cada uma, configurando a maior premiação do gênero no estado. Também há premiações simbólicas – menções especiais e o Prêmio do Público, este concedido por meio do voto dos visitantes.

Recorde de inscritos
Apresentar a diversidade da produção baiana em artes visuais, divulgar o trabalho dos artistas e estimular a reflexão sobre temas atuais da área são os objetivos dos Salões de Artes Visuais da Bahia, consolidados como um dos principais meios de incentivo à criação e difusão de produção artística e à dinamização dos espaços expositivos do interior do estado. Nesta edição, houve um recorde de inscritos – das 463 propostas apresentadas, por meio de edital público, foram selecionadas 108 obras realizadas por 77 diferentes artistas, nas mais diversas técnicas e estilos.

As exposições agora agendadas retomam a execução do projeto, que foi suspenso no ano passado para a regularização de compromissos relacionados ao cumprimento aos Decretos nºs 14.682 e 14.710/2013, que determinaram o contingenciamento no orçamento das secretarias e órgãos estaduais e medidas para a gestão de despesas e custeio. Antes disso, foram realizadas mostras em Feira de Santana e Teixeira de Freitas.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas