Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Depois de dar Bahiatursa, Wagner caça Paulinho da Força

maia
Arthur Maia é quem vai decidir o apoio nas eleições estaduais | FOTO: Reprodução |

Depois de entregar o comando da Bahiatursa ao filho do deputado federal Marcos Medrado, presidente estadual do Solidariedade, o governador Jaques Wagner (PT) promove uma verdadeira caçada atrás do presidente nacional do partido, o deputado federal Paulinho da Força (SP), na tentativa de convencê-lo a permitir o apoio da sigla à candidatura a governador da Bahia do petista Rui Costa.

Wagner deseja principalmente o tempo de TV de pouco mais de um minuto do partido para seu candidato. Ontem, em rede nacional de televisão, o Solidariedade, que entrou para valer na campanha do presidenciável tucano Aécio Neves, fez duras críticas à gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). Qualquer entendimento do partido na Bahia com o governo passará necessariamente, no entanto, pelo deputado federal Arthur Maia.

É ele que efetivamente controla o partido comandado por Medrado. Maia ainda negocia o apoio do Solidariedade ao candidato oposicionista Paulo Souto (DEM) e, a depender do resultado das conversas, a entrega da Bahiatursa a Medrado não representará nenhum apoio do partido a Costa. Hoje à tarde, ao tomar conhecimento da operação, Maia disse ao Política Livre que a indicação de Diogo, filho de Medrado, não foi do partido.

“A despeito do respeito que tenho por Diogo, que é um bom quadro do Solidariedade, ele não foi indicado pelo Solidariedade”, afirmou Maia, eximindo-se de responsabilidade na indicação do novo presidente da Bahiatursa. Extraído do site Política Livre.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios