CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Ronaldo Fenômeno anuncia apoio a Aécio Neves em eleição presidencial

aecio
Foto publicada pelo jogador ao lado do pré-candidato Aécio Neves | FOTO: Reprodução |

Membro do COL (Comitê Organizador Local) da Copa do Mundo-2014, o ex-jogador Ronaldo declarou que apoiará o candidato Aécio Neves, na eleição presidencial deste ano. A declaração foi feita em entrevista ao jornal “Valor”, publicada nesta segunda-feira (26). “Sou amigo do Aécio. Conheci a presidente Dilma, tenho uma ótima relação com ela. Mas minha amizade com o Aécio tem 15 anos. Ele foi o único cara que eu apoiei publicamente. Apoiei para governador de Minas e aí ele fez um excelente trabalho. Sempre tivemos uma forte amizade e agora vou apoiá-lo. É meu amigo, confio nele e acho que é uma ótima opção para mudar o país”, disse ao jornal.

Questionado sobre o apoio de Luiz Inácio Lula da Silva, que apoia a reeleição da presidente Dilma Rousseff, e que ajudou direta na construção do estádio do Corinthians, ex-time do jogador, Ronaldo respondeu que Lula não é candidato à eleição. Em abril, o jogador publicou uma foto em uma rede social na qual chamou de “futuro presidente do Brasil” o candidato presidencial tucano e senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Envergonhado
Nesta semana, o jogador disse que se sente envergonhado com os atrasos e demais problemas enfrentados pelo país para a organização do torneio, que começa em junho. Apesar disso, Ronaldo defendeu que a Copa não seja alvo de protestos e colocou nos governos a culpa pelos problemas. “E de repente chega aqui é essa burocracia toda, uma confusão, um disse que disse, são os atrasos. É uma pena. Eu me sinto envergonhado, porque é o meu país, o país que eu amo, e a gente não podia estar passando essa imagem para fora”, disse o ex-jogador a uma agência de notícias.

Dilma chateada
A presidente Dilma Rousseff ficou “chateada” e “surpresa” com as críticas do ex-jogador Ronaldo Fenômeno aos atrasos das obras para a Copa do Mundo que se inicia no próximo dia 12 de junho. A pessoas próximas, ela demonstrou “contrariedade” com as declarações consideradas “despropositadas” do ex-atacante, que ocupa posto de destaque no Comitê Organizador Local da Copa (COL) desde 2011.

“Tenho certeza da nossa capacidade, do que fizemos, das nossas realizações. Não temos por que nos envergonhar. E não temos complexo de vira-latas, tão bem caracterizado por Nelson Rodrigues se referindo aos eternos pessimistas sempre”, afirmou Dilma durante congresso da UJS (União da Juventude Socialista). Extraído do Jornal Correio.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas