Ajustes na Operação da Transalvador acontecem a partir do segundo jogo na Fonte Nova

transito

Sobre a paralisação de alguns agentes, a Transalvador informa que o fato não acarretou em imprevistos para a operação | FOTO: Reprodução |

Após reunião realizada entre setores da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) envolvidos na Operação Copa do Mundo, a autarquia realizou alguns ajustes na ação, que acontecem a partir do segundo jogo na Arena Fonte Nova, nesta segunda-feira (16).
Entre as alterações mais importantes, o remanejamento da frota de ônibus especiais de pontos com menor demanda, para atender a pontos com maior fluxo de usuários.

As linhas alteradas são: S1 (Shopping Barra): que aumenta de oito para 10 ônibus; S4 (Salvador Norte Shopping / Aeroporto): de 10 para 20; S6 (Shopping Bela Vista): 11 para 20; S7 (Iguatemi): 22 para 33; S8 (Salvador Shopping): 14 para 34; e S9 (Shopping Barra – que atende a idosos e pessoas com baixa mobilidade): de dois para nove. O superintendente Fabrizzio Müller explicou que, apesar de todos os torcedores terem sido transportados a tempo para a partida, a decisão foi tomada para garantir mais conforto e menos espera aos usuários do serviço.

Quanto ao trânsito, a Transalvador vai aumentar o número de agentes que irão monitorar os pontos onde houve maior retenção do fluxo, como a Rótula do Abacaxi e as avenidas Paralela e Bonocô. Também, equipes do Grupo de Ações Rápidas de Trânsito (GART) atuarão em conjunto com motociclistas do Esquadrão Águia para garantir maior fluidez nos pontos de modificação do trânsito.

Sobre a paralisação de alguns agentes, a Transalvador informa que o fato não acarretou em imprevistos para a operação, que funcionou atendendo a todas as demandas previstas pelo planejamento.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.