Por atos racistas contra goleiro, STJD exclui Grêmio da Copa do Brasil

Postado em set 3 2014 - 6:20pm por Jornal da Chapada
santos

Ainda cabe recurso ao Pleno do STJD e Grêmio pode tentar reverter a decisão | FOTO: Reprodução |

Em julgamento realizado nesta quarta-feira no STJD, o Grêmio foi excluído da Copa do Brasil 2014. A decisão é em consequência das injúrias raciais sofridas pelo goleiro Aranha no duelo entre o tricolor gaúcho e o Santos, na semana passada. Durante a sessão, foram vistos todas as provas coletados das ofensas racistas. Depois, o presidente do Grêmio, Fábio Koff, depôs afirmando que o clube é pioneiro no combate a segregação racial. “Temos 1,1 mil crianças nas nossas escolinhas, sendo que um terço é de cor”, declarou. Em seguida, a equipe de arbitragem também apresentou as suas justificativas para não ter dado a devida importância ao caso no momento que ele aconteceu e foram bastante pressionados pelos auditores.

Após as atuações da promotoria e defesa, os representantes iniciaram a votação, com o auditor-relator pedindo pela exclusão do Grêmio da Copa do Brasil, uma multa de R$ 50 mil, a proibição dos torcedores acusados dos estádios por 720 dias e também a suspensão da equipe de arbitragem por 30 dias, sendo que o juiz Wilton Pereira de Sampaio tomou uma punição maior, de 45 dias e foi acompanhado pela maioria dos auditores. Ainda cabe recurso ao Pleno do STJD e Grêmio pode tentar reverter a decisão. Do jornal Correio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.