Chapada: Violência contra mulher faz mais uma vítima no município de Bonito

divulgação

Manifestantes pedem mais segurança para Bonito | FOTO: Divulgação |

A população do município de Bonito, na Chapada Diamantina, liderada por um grupo de mulheres, saiu em caminhada pelas principais ruas no início do mês de setembro para protestar contra todas as formas de violência, principalmente a doméstica. Mas parece que a impunidade e a falta de segurança continuam assombrando as bonitenses, pois a informação que chega ao Jornal da Chapada aponta outro caso de violência contra a mulher. Dessa vez, foi a senhora Maria Santana Rosa da Silva, de 37 anos, que foi vítima de uma tentativa de homicídio no último domingo (14). Por volta das 16h, o companheiro de Maria da Silva, de nome Cléber (apelido Duelo), deu um tiro de espingarda nela. O caso aconteceu no Assentamento Águas Boas, onde o casal convive.

De acordo com informações enviadas ao Jornal da Chapada, a bala atingiu a mulher na altura do ombro e atravessou para as costas. Ainda segundo relatos de moradores da cidade, “tudo aconteceu na presença dos filhos do casal, que ficaram desesperados”. A vítima recebeu os primeiros socorros na maternidade municipal José Carlos Araújo, também no município de Bonito, e depois foi transferida para o Hospital do Subúrbio em Salvador, onde encontra internada em estado grave. O autor do delito continua em liberdade, já que no dia que a polícia foi em busca dele não o encontrou, apreendendo apenas a arma usada na tentativa de homicídio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.