Rui e Dilma recebem apoio de segmentos culturais

Postado em out 1 2014 - 1:46pm por Jornal da Chapada
rui

Num evento que reuniu cerca de 500 pessoas, grupos e cantores subiram ao palco, marcando, cada um ao seu modo, posição em torno das candidaturas petistas | FOTO: Divulgação |

O Teatro Vila Velha, em Salvador, palco de longa tradição de resistência e de debates políticos e culturais abrigou, na noite da última terça-feira (30), um evento dos mais especiais: com uma discussão sobre políticas culturais, um numeroso grupo de artistas, agentes de cultura e intelectuais deu seu apoio às candidaturas de Rui Costa para governador e de Dilma Rousseff à reeleição para presidente, num evento que reuniu cerca de 500 pessoas. Nesta reta final da campanha, a candidatura de Rui já recebeu o reforço do apoio de importantes segmentos, a exemplo de entidades que defendem o direito à moradia, da maioria dos grupos do movimento negro, de importantes setores ligados à saúde, à Educação e, agora, do setor cultural.

O ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira, um dos oradores da noite, falou sobre os avanços da área durante os governos Lula e Dilma, relacionando itens como a inclusão dos pólos culturais indígenas e dos quilombolas como um exemplo da mudança que se registrou na própria forma de tratar o segmento, com uma visão mais ampla e democrática. Em relação à Bahia, vários oradores destacaram o fato de o Estado ter se tornado, durante o governo Wagner, uma referência no processo de organização da cultura, que passou a ser tratada também do ponto de vista antropológico e social, não somente da manifestação artística e do patrimônio.

Durante o evento, além dos vários oradores que defenderam o posicionamento político do setor na defesa das candidaturas de Rui e de Dilma, também houve intervenções da plateia e a apresentação de grupos e cantores. Um dos momentos mais marcantes foi quando um grupo de jovens negros, formados na oficina do Bando de Teatro Olodum, subiu ao palco para fazer uma apresentação em defesa de uma política de financiamento da cultura negra. Também estiveram presentes, entre outros, Edmilson Souza, secretário nacional de Cultura do PT, Albino Rubim, secretário de Cultura do Estado e ex-presidente do Conselho de Cultura, parlamentares e candidatos que são vinculados ao setor cultural.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.