Corregedor do TRE suspende direito de resposta de coligação petista

Postado em out 4 2014 - 4:40pm por Jornal da Chapada
souto e rui

Os candidatos Paulo Souto e Rui Costa | FOTO: Reprodução |

O corregedor regional eleitoral, Fábio Alexandro Costa Bastos, suspendeu o direito de resposta concedido pelo juiz Wanderley Gomes, na madrugada de quarta-feira (1º), contra a coligação “Unidos pela Bahia”, liderada pelo candidato a governador, Paulo Souto. Das cinco decisões do magistrado, três foram cassadas.

De acordo com o corregedor Fábio Bastos, não se pode admitir julgado procedente ou improcedente, pedido por um julgador auxiliar, que um mandado de segurança seja “impetrado para outro juiz de mesmo grau e, sem qualquer razão grave, este simples e puramente reavalie a decisão anterior, segundo sua convicção pessoal”.

Para o advogado Ademir Ismerim, a decisão demonstra a incapacidade do juiz Wanderley Gomes em decidir matéria de alta relevância, em um flagrante desrespeito ao TRE, que já havia julgado a matéria e a coligação oposicionista. “Por essa razão, foi arguida a suspeição do referido juiz por ausência de capacidade técnica, para que ele fique proibido de julgar qualquer processo envolvendo as coligações lideradas pelo Democratas”, informou.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.