Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Bahia: Residências fechadas dificultam combate ao chikungunya

dengue
Em Feira de Santana, foco da doença, 11 mil imóveis estão fechados. Coordenação de Endemias orienta que donos deixem chaves com vizinhos | FOTO: Reprodução |

Mais de 11 mil residências de Feira de Santana estão fechadas. De acordo com a Coordenação de Endemias do município, as casas sem moradores são pontos potenciais de abrigo dos mosquitos que transmitem a dengue e também a chikungunya, doença que já infectou 156 pessoas na cidade. Vizinhos de imóveis abandonados, os moradores da cidade estão preocupados. “Aí fica eu, vizinha, prejudicada, com os mosquitos invadindo a minha casa”, relata uma moradora da região, de prenome Teresinha, que acompanhou a ação da coordenação de endemias numa residência que está sem moradores há quatro anos.

Também morador do município, o pecuriasta José Lourenço disse que o abandono dos imóveis é um descuido com a vizinhança. “Absurdo isso. Falta de zelo, de cuidado com a saúde das pessoas, principalmente”, disse Sobre as casas fechadas, o coordenador de endemias do município, Edilson Matos, disse que os domicílios fechados costumam se tornar focos dos mosquistos transmissores da dengue e da chikungunya. “Isso aí é preocupante, porque uma casa fechada compromete quase todo o trabalho daquele quarteirão”, falou. Sobre o assunto, o coordenador ainda disse que a orientação dada aos moradores é que, ao deixarem as casas, entreguem as chaves a vizinhos, para facilitar o acesso das equipes de prevenção. Do Portal G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios