Colunista da Globo News, Diogo Mainardi esfria polêmica e pede perdão a Hulk e a nordestinos

Postado em nov 4 2014 - 10:48am por Jornal da Chapada
diogo

O colunista da Globo News, Diogo Mainardi | FOTO: Reprodução/Veja |

Depois de causar imensa polêmica durante as eleições presidenciais do Brasil por chamar o Nordeste de “bovino” e desqualificar a região com termos como “retrógrado”, “subalterno e “pouco educado”, o jornalista da Globo News Diogo Mainardi se desculpou. No programa Manhattan Connection deste domingo, Mainardi pediu perdão por ter ofendido o povo nordestino e citou o nome do atacante Hulk, que nasceu na Paraíba e que na semana passada disparou severas críticas contra o colunista em um desabafo publicado no Instagram. “Não tem troco. Peço desculpas ao Hulk e a todos que se sentiram ofendidos. Não era minha intenção ofender ninguém. Minha intenção era ofender a mixórdia petista que usou e abusou dos programas sociais do governo para rebanhar votos nas regiões mais pobres do País, em especial o Norte e o Nordeste”, disse Mainardi.

Leia também:
Atacante Hulk rebate críticas de comentarista da Globo News ao Nordeste pelo Instagram
Vídeo: Colunista da Globo News causa revolta ao chamar Nordeste de região ‘retrógrada’ e ‘bovina’

As frases do jornalistas que causaram polêmica e tiraram Hulk do sério foram ditas na noite das últimas eleições presidenciais do Brasil, que definiram que Dilma Rousseff permaneceria no cargo máximo do Poder Executivo por mais quatro anos. Participando do programa Manhattan Connection, o colunista disparou duras críticas ao Nordeste, região na qual a petista teve grande vantagem sobre o seu concorrente, Aécio Neves. O candidato do PSDB teve mais votos no Sul e Centro-Oeste.

Ele disse, na ocasião: “essa eleição é a prova de que o Brasil ficou no passado. Não é Bolsa Família, não é marquetagem. O Nordeste sempre foi retrógrado, sempre foi governista, sempre foi bovino, sempre foi subalterno durante a ditadura militar, depois com o reinado do PFL e agora com o PT. É uma região atrasada, pouco educada, pouco construída, que tem uma grande dificuldade para se modernizar na linguagem. A imprensa livre só existe da metade do Brasil para baixo. Tudo que representa a modernidade tá do outro lado”.

hulk

Hoje jogando e morando na Rússia, ex-atacante do Vitória não gostou da postura do comentarista | FOTO: Reprodução |

As declarações do colunista causaram revolta em muitas pessoas, que foram à internet dar a sua resposta. A principal delas foi do atacante Hulk, que nasceu na Paraíba, joga atualmente pelo Zenit St. Petesburgo, da Rússia, e defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014. O jogador compartilhou um mapa da região Nordeste em sua página no Instagram e, na legenda, citou dez artistas importantes nascidos na região para demonstrar revolta com a opinião de Mainardi – a quem classificou como arrogante e ignorante. No fim, o jogador pediu com veemência que o colunista respeitasse o Nordeste.

Neste domingo (2), Mainardi pediu desculpas por ter ofendido o povo nordestino, mas se explicou. “Sei que o termo bovino ofendeu muita gente, peço mais uma vez desculpas, mas gostaria de esclarecer que ha décadas e décadas nós usamos os termos curral eleitoral e voto de cabresto para designar compra de votos. Imaginar um nordestino num curral ou um nordestino com um cabresto não é diferente de bovino. Não pretendi em momento algum culpar a vítima da manipulação e sim quem a pratica. Só isso”, decretou. Do Portal Terra.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.