“Sou um homem de Três Corações, vai ser difícil eu morrer”, diz Pelé após alta médica

Postado em dez 9 2014 - 8:33pm por Jornal da Chapada
globo

Rei do Futebol brincou ao lembrar de sua cidade natal, em Minas Gerais | FOTO: Reprodução |

Após 16 dias internado, o ex-jogador Pelé recebeu alta médica do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta terça-feira (9). Tratado de uma infecção urinária, o Rei do Futebol concedeu uma entrevista coletiva, logo em seguida, e agradeceu o apoio recebido. “Estou bem, recuperado, e não posso deixar de agradecer a Deus, a equipe médica, e todos aqueles que me mandaram mensagens. Fiquei muito surpreso, recebi mensagens da China, do Paquistão, de todos os países da Europa. Não imaginava que todos estavam atentos à minha situação. É muito gratificante, obrigado. Podem estar certos que eu já estou me preparando para a Olimpíada”. Durante a coletiva, Pelé foi questionado sobre o fato de ter apenas um dos rins, informação desconhecida por todos até as últimas semanas.

“Não é que eu tenha escondido isso das pessoas. Quando eu ainda estava no Santos, recebi uma joelhada na costela e fraturei a 12ª vértebra. Isso perfurou um dos rins, mas eu não sabia. Tempos depois, já no Cosmos, o médico da equipe me alertou: ‘você sabe que está jogando há um tempão com apenas um rim? Você tem os dois, mas um deles não funciona’. Daí eu fiz a cirurgia de retirada [do órgão] em Nova York, por isso as pessoas não ficaram sabendo.”

Aos 74 anos, Pelé deu entrada no Hospital Albert Einstein no último dia 24 de novembro, após sentir fortes dores em decorrência de uma cirurgia para a retirada de cálculos renais. Depois ser encaminhado à unidade de terapia intensiva, o ex-jogador precisou fazer tratamento de hemodiálise, pois esteve com suas funções renais comprometidas. “Nestes últimos dias eu me emocionei muito com o futebol, acompanhei a agonia do torcedor do Palmeiras. Foi um fim de semana legal. Outro passatempo que eu tive no quarto foi o violão. Fiz uma letra para a Olimpíada”.

Na Europa, a melhora de Pelé foi comemorada pelo presidente da Uefa e ex-jogador, Michel Platini, que em entrevista à uma rádio francesa não poupou elogios ao Atleta do Século. “Estamos muito satisfeitos por saber que ele está saindo do hospital. Pelé é o jogador da história, queremos que fique muito tempo conosco”. Extraído na íntegra do site da Rede Record (R7).

Confira entrevista:

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.