Pular para a barra de ferramentas
CidadesEducaçãoMenu Principal

Reitor da Uneb prevê que vestibular tradicional chegue ao fim em 3 anos

concurso
Para o processo seletivo 2015, 33% das vagas serão destinadas ao Sisu. Ingresso na UFBA e UFRB já é exclusivo pelo Sistema de Seleção Unificada | FOTO: Reprodução |

Primeira instituição estadual a aderir ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na Bahia, em 2011, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) prevê que em três anos o vestibular tradicional chegue ao fim no centro de ensino. De acordo com o reitor José Bites de Carvalho, 33% das vagas para a seleção de 2015 já estão reservadas para o Sisu. Em 2016, a previsão é de que a reserva chegue a 50%. Em 2017, a atual gestão espera a destinação de 100% para o Sisu. Conforme o reitor, por meio de nota oficial, a Uneb ainda mantém o vestibular tradicional por dois motivos.

O primeiro deles está relacionado aos candidatos do interior que ainda não fazem o Sisu, sendo que muitos são professores sem licenciatura que precisam da formação superior. O segundo é referente ao modelo de matrícula, que está sendo adaptado para a mudança. No estado, os estudantes que ingressam nos cursos de graduação Universidade Federal da Bahia (UFBA) já são selecionados, desde o primeiro semestre de 2014, exclusivamente pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU). As inscrições no Sisu são feitas por meio da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) adota a mesma metodologia.

Abstenção
Para o Vestibular 2015, o índice de abstenção nas provas da Uneb foi de 22,36% nos dois dias de provas, realizadas no domingo (14) e segunda-feira (15). Segundo informações da instituição, a porcentagem de candidatos faltosos chegou a 20,7% na capital (4.308 candidatos) e 23,40% no interior (7.768). Os dois dias de processo seletivo foram marcados por clima de tranquilidade e segurança.

Na manhã de segunda-feira (15), foram aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza (física, química e biologia), que teve duração de 4h. Já no domingo (15), os candidatos realizaram, além de uma redação, exames de Língua Portuguesa (incluindo Literatura Brasileira), Língua Estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês) e Ciências Humanas (História, Geografia e Atualidades), com duração máxima de 4h30. Extraído do Portal G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios