Presidente Dilma Rousseff volta à praia de Inema para esfriar a cabeça

Postado em dez 26 2014 - 10:05am por Jornal da Chapada
dilma

Ao lado da mãe Dilma Jane, da filha Paula, do neto Gabriel, de um genro, uma tia, um sobrinho e a esposa dele, a petista embarcou em um helicóptero para a Praia de Inema, onde ficará descansando por quatro dias | FOTO: Reprodução/Wilson Pedrosa |

Depois de sucessivos escândalos de corrupção na Petrobras, que têm desmoralizado o governo federal e o Congresso brasileiro a nível internacional, e de ser anunciado debaixo de muitas críticas da militância o quadro de novos ministros do País, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) chegou à Praia de Inema, na Base Naval de Aratu, Subúrbio Ferroviário, por volta de 16 horas da quinta-feira (25). Ela desembarcou primeiramente na Base Aérea de Salvador, por volta de 15h30, onde foi recepcionada pelo governador Jaques Wagner, recentemente anunciado ministro da Defesa. Ao lado da mãe Dilma Jane, da filha Paula, do neto Gabriel, de um genro, uma tia, um sobrinho e a esposa dele, a petista embarcou em um helicóptero para a Praia de Inema, onde ficará descansando por quatro dias.

A véspera do Natal ela passou acompanhada da família no Palácio da Alvorada, em Brasília. De acordo com a assessoria de comunicação do Palácio do Planalto, a previsão é de que a presidente da República retorne para a capital do País no dia 29 deste mês, quando deverá anunciar a última leva de 22 ministros que falta para completar o quadro ministerial em seu segundo mandato. Até então, ela anunciou 17 nomes. Isso porque setores da economia brasileira aguardam ainda neste final de ano o anúncio das medidas econômicas que serão tomadas por ela em 2015. Apesar das medidas serem definidas e articuladas pela equipe de sua próxima gestão, Dilma tem que apresentá-las ainda este ano devido ao princípio de anterioridade, que é a divulgação das medidas no exercício anterior ao qual começa a vigorar.

Retorno
O cronograma da posse da presidente no dia 1º de janeiro prevê desfiles em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios, na região central de Brasília, discursos no Congresso Nacional e no Palácio do Planalto, além de jantar com chefes de Estado, ministros e convidados no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores. Cumprido o cronograma, Rousseff deve retornar à Praia de Inema a partir do dia 2 de janeiro. Conforme a assessoria de comunicação do Palácio do Planalto, a petista retorna a Brasília no dia 5.

Logo após se reeleger no segundo turno, no dia 27 de outubro, e de ter passado somente neste período por 47 municípios de 16 estados, além do Distrito Federal, a petista também buscou as calmas e mornas águas da Praia de Inema para descansar. Ela embarcou no dia 29 de outubro, uma quinta-feira, dessa vez com menos gente: tinha ao seu lado apenas a filha Paula e o neto Gabriel. Todos permaneceram na Base Naval de Aratu até o dia 02 de novembro. Na ocasião, não foi recepcionada pelo governador Jaques Wagner (PT), pois este fazia uma viagem ao lado da esposa, Fátima Mendonça.

Nos bastidores políticos, dizem que Dilma ganhou o costume de passar dias de folga e descanso na Praia de Inema com o seu antecessor, o ex-presidente Luiz Inácio da Silva. Lula já passou diversos feriados e réveillons no local acompanhado da esposa Marisa e de parentes.

Ministros
Por causa da pressão do mercado, a petista começou a definir os nomes que comandarão os ministérios da área econômica. Joaquim Levy para a Fazenda; Nelson Barbosa no Planejamento e Armando Monteiro Neto para o Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Também foi confirmada a permanência de Alexandre Tombini na presidência do Banco Central.

E em seguida anunciou mais 13 nomes, entre os quais estavam incluídos o de Jaques Wagner; Aldo Rebelo, que sai do Esportes para a pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação; George Hilton (Esportes); Cid Gomes (Educação); Edinho Araújo (Portos); Eduardo Braga (Minas e Energia); Eliseu Padilha (Aviação Civil); Helder Barbalho (Pesca); Kátia Abreu (Agricultura); Vinicius Lajes (Turismo); Gilberto Kassab (Cidades); Nilma Lino Gomes (Igualdade Racial); e Valdir Simão (Controladoria Geral da União). Extraído do jornal Tribuna da Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.