Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Sandro Régis diz que governo começa com “herança maldita”

sandro
Para Régis, Rui Costa (PT) começa o governo com os mesmo problemas de antes | FOTO: Reprodução |

O deputado Sandro Régis (DEM), líder da Oposição, disse que não tem expectativas positivas em relação aos investimentos na Bahia para 2015. Segundo o democrata, a má gestão da economia protagonizada pelo governo federal provocou a estagnação do crescimento, o aumento da inflação e a desconfiança de investidores e empresários, tanto dentro como fora do país. Ele lembrou ainda que a corrupção no setor público, como a que atingiu a Petrobras, acabou se transformando numa marca danosa do governo petista que vem se desdobrando em demissões e quebra de empresas em diversas cadeias da indústria nacional, especialmente na de petróleo e gás.

Para Régis, Rui Costa (PT) começa o governo com os mesmo problemas de antes, fruto da “herança maldita” deixada pelo governo Wagner, do qual o atual governador participou. Ele citou como exemplo a questão da violência, como as explosões de caixas eletrônicos que continuam ocorrendo em volume alarmante tanto na capital como no interior, assim como a falta de investimentos na saúde que vem atingindo importantes unidades de atendimento à população mais carente.

Sandro Régis disse que o Hospital Irmã Dulce, por exemplo, que atende mais de quatro milhões de pessoas por ano, está ameaçado de suspender atividades e procedimentos por conta de atrasos nos repasses. “O governo do estado deve às Obras Sociais de Irmã Dulce nada menos que R$ 43 milhões”, criticou.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios