Sandro Régis diz que Wagner aumentou a dívida do estado em mais de 60%

Postado em jan 29 2015 - 7:20pm por Jornal da Chapada
sandro

O deputado estadual Sandro Régis (DEM) | FOTO: Divulgação |

O governo Wagner fechou o seu mandato com uma dívida consolidada de R$ 16,9 bilhões e sem recursos disponíveis para pagar as obrigações. O alerta foi dado pelo líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis (DEM), após analisar o Relatório de Gestão Fiscal do terceiro quadrimestre de 2014, publicado nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial. O parlamentar informou que de 2010 a 2014 o incremento da dívida do Estado foi de nada menos que 62,5%.

“Em 31 de dezembro de 2010, a dívida consolidada era de R$ 10,4 bilhões e em apenas quatro anos passou para R$ 16,9 bilhões”, advertiu, observando que o crescimento maior foi com relação a dívida externa, que era R$ 1,7 bilhão, e passou para R$ 6,8 bilhões. O mais grave, porém, segundo Sandro Régis, é que mais uma vez, segundo o próprio relatório, os recursos não vinculados do tesouro estadual apresentam um saldo negativo de R$ 383,1 milhões.

“Isso significa que não ficou recursos disponíveis para pagar as obrigações, o que vai de encontro ao que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal, uma vez que 2014 foi o último ano de mandato do governador Jaques Wagner”, lembrou o democrata. Ele explicou ainda que o governo executou menos de 50% do previsto em investimentos, deixando de aplicar R$ 4,0 bilhões em áreas essenciais como saneamento, segurança pública, educação e saúde, onde as aplicações ficaram abaixo desse percentual.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.