Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Folião vítima de racismo ou intolerância religiosa terá apoio de centro da Sepromi

ias
As denúncias poderão ser registradas no prédio do órgão, localizado na Ladeira do Passo, número 42, Pelourinho, ou pelos telefones 162 e (71) 3117-7438 | FOTO: Reprodução/Manu Dias |

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi) prestará atendimento jurídico, social e psicológico a vítimas de racismo e intolerância religiosa, por meio do Centro Nelson Mandela, nos seis dias de Carnaval. O equipamento funcionará excepcionalmente no Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN), de quinta-feira à sábado, das 18 às 22h, e de domingo à terça, das 14 às 22h.

As denúncias poderão ser registradas no prédio do órgão, localizado na Ladeira do Passo, número 42, Pelourinho, ou pelos telefones 162 e (71) 3117-7438. Desde a criação da unidade, em 2013, já foram registrados cerca de 100 casos relacionados, sendo os mais frequentes em shoppings e locais de trabalho.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios