Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Registros de lesão corporal reduzem 15% no Carnaval de Salvador, diz governo

foto
Dados do governo estadual foram apresentados pelas autoridades neste domingo | FOTO: Manu Dias/GOVBA |

Nenhum homicídio, nem lesão corporal seguida de morte foram registrados de 7h de quinta-feira (12) até as 5h59 deste domingo (15). Ocorreram 76 lesões corporais, uma redução de 15% no comparativo com o mesmo período do ano passado. Os casos de furtos chegam a 283, uma redução de 9%. O governador Rui Costa participou da reunião de balanço do Carnaval de Salvador na manhã deste domingo (15), no Quartel da Polícia Militar, no Largo dos Aflitos. “Tem uma palavra que resume bem o trabalho que tem sido feito pelos policiais: empenho. Todos os envolvidos estão empenhados no trabalho nas ruas, e a população está reconhecendo. Tenho convicção de que o empenho continuará por todos os próximos dias. Agradeço a todos os envolvidos”, disse Rui. A produtividade policial segue como destaque. Ao todo, 966 pessoas já foram conduzidas pelos policiais, um aumento de 50% no comparativo com 2014. Outros 45 suspeitos foram autuados em flagrante, um acréscimo de 15%. Já o número de pessoas conduzidas e presas por uso e tráfico de drogas alcança a marca de 570, um aumento de 129%. Houve duas tentativas de homicídio.

foto44
Rui Costa na coletiva de imprensa | FOTO: Divulgação |

Coletiva
Em entrevista coletiva realizada na manhã deste domingo (15), no Hotel Sheraton, no Campo Grande, o governador Rui Costa fez um balanço parcial dos três primeiros dias oficiais do Carnaval de Salvador e destacou a tranquilidade, com a redução dos índices de violência, e o grande público registrado nos circuitos da folia. “Registro a satisfação e alegria com tanta gente da Bahia e de fora do estado nas ruas. Tanto os que nos visitam, quanto a população baiana reconhecem o empenho, principalmente na segurança da festa”.

Rui afirmou ainda que vai trabalhar para ampliar a diversidade e qualidade da festa nos próximos anos. “Nosso compromisso é sentar logo depois do Carnaval para fazer um debate com artistas, com a própria Prefeitura de Salvador e demais envolvidos na realização do evento para ter uma festa ainda melhor em 2016, incluindo repensar e incentivar ainda mais os carnavais do interior do estado. Quem faz o Carnaval são os artistas e, abrindo esse diálogo, faremos as alterações ouvindo os principais atores da festa”. Também participam da coletiva os secretários estaduais de Segurança Pública, Mauricio Barbosa; de Cultura, Jorge Portugal; de Turismo, Nelson Pelegrino; e de Políticas para as Mulheres, Olívia Santana.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios