AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Salvador: Abertura do Festival da Cidade terá de tudo um pouco no domingo

foto
Soteropolitanos e turistas vão curtir muita música, teatro, atividades esportivas e gastronomia de qualidade | FOTO: Divulgação |

Marcado pela diversidade cultural, o Festival da Cidade 2015 – evento que acontece pelo terceiro ano consecutivo em homenagem ao aniversário de Salvador – tem início neste domingo (22). A largada será dada às 7h30 com a realização da The Color Run, no Dique do Tororó. Em seguida, o Alavontê dá o tom musical à festa, também no Dique. Já na Avenida Centenário, a Feira da Cidade terá um charme a mais com uma referência aos anos 1950. No primeiro dia, ainda tem teatro para adultos e crianças.

“Esse é um momento único, onde a população celebra o aniversário da primeira capital do Brasil e aumenta o diálogo com a cidade”, exaltou Isaac Edington, presidente da Salvador Turismo (Saltur), órgão municipal responsável pela elaboração e execução das atividades multiculturais do Festival da Cidade. Segundo ele, nada substitui o espaço urbano e essa gestão trabalha nessa valorização, que dá vida a uma cidade.

Programação
A partir das 7h30, acontecerá no Dique a corrida famosa nas principais capitais do país, com a The Color Run. O evento mistura atividade esportiva e diversão, sem dar destaque à competição, premiação ou desempenho físico. Nos cinco quilômetros, serão 14 zonas de cores e no final o colorido vai predominar.

Em seguida, às 10h30, será a vez do Pranchão do Alavontê invadir as ruas do Dique do Tororó com um show especial inspirado no aniversário de 466 anos de Salvador. Pela segunda vez no Festival da Cidade, os alavonteiros Ricardo Chaves, Manno Góes, Magary Lord, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Adelmo Casé prometem uma volta no Dique inesquecível de presente à capital baiana, com direito a apresentação de novas composições do movimento musical.

O evento marcará a estreia do Pranchão no Dique, veículo menor do que o trio elétrico, que fez sucesso entre os foliões pipoca durante o Furdunço. “Estamos com grande expectativa para este show, que deve repetir a experiência fantástica do ano passado, quando em aproximadamente três horas de apresentação famílias inteiras puderam comemorar o aniversário da cidade com artistas e músicas da terra”, afirmou Ricardo Chaves, um dos fundadores do Alavontê.

Gastronomia
E para quem quiser recuperar o fôlego e as energias, a Feira da Cidade vai reunir, a partir das 9h, no canteiro Central da Avenida Centenário, 25 chefes de cozinha e os mais variados cardápios, que vão desde a tradicional comida afro-brasileira até pratos mais exóticos, como o sanduíche de bode. Tudo a preços populares que variam entre R$ 5 e R$ 15. Neste domingo, será a edição de número 50 e, por isso, inspirada nos anos 1950, incluindo a decoração e a trilha sonora, uma verdadeira viagem no túnel do tempo aos anos dourados, como ficou conhecida a década.

Além da gastronomia que já conquistou o público, a feira também terá mais de vinte estandes de arte, moda, design, brechó, vinil e flores que prometem entreter o domingo dos soteropolitanos até as 20h. Vale lembrar que o Feira da Cidade começa no sábado (21).

Teatro
Do Projeto Arte Todo Dia, o espetáculo “Vovó Lulu na Praça” vai satisfazer os amantes de teatro com a primeira apresentação da peça no Festival da Cidade no domingo. A partir das 17h, a Praça de Nazaré será palco da vida de uma idosa entre 80 e 90 anos, politizada, questionadora, bem humorada e, acima de tudo, fiel aos seus princípios de esperança na humanidade, tudo isso em um diálogo com Deus.

A montagem exibida gratuitamente prioriza simbologias e metáforas, onde a personagem traz seus conflitos, convicções, dúvidas e esperanças sobre o envelhecimento do corpo num espírito jovial e sobre as escolhas que a humanidade vem fazendo, em um mundo individualista, violento, mas também repleto de belezas e solidariedade. Além da apresentação, serão disponibilizados ao público, de forma gratuita, a história de Vovó Lulu em HQs (Quadrinhos), com ilustrações do artista gráfico Tielson Santos.

A Mostra Prêmio Braskem de Teatro também integra a grade de atrações do primeiro dia de comemoração ao aniversário de Salvador com espetáculos às 11h, 16h e 19h30, a preços populares. No Teatro Vila Velha, será apresentada a peça “Bonde dos Ratinhos”. No Teatro Eva Hertz, “PUMM – Por um mundo melhor”. E “As Confrarias”, no Teatro Martins Gonçalvez, no Canela.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas