Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Brasil faz 1 a 0 no Chile e Dunga chega à oitava vitória seguida com a Seleção

foto
Firmino parece ter carimbado seu passaporte para a Copa América | FOTO: Reprodução/CBF |

O gol brasileiro foi marcado por Firmino aos 27 minutos do segundo tempo, driblando o goleiro depois de receber passe em profundidade de Danilo. A partida começou às 11h (de Brasília), no Emirate Stadium, em Londres, e foi o último teste antes dos compromissos de meio do ano. Era a última chance para nomes como Philippe Coutinho, Roberto Firmino, Elias, Luiz Adriano e Gabriel Paulista garantirem um lugar entre os convocados de maio, quando serão inscritos os nomes para a Copa América. O amistoso sul-americano não teve a mesma emoção das oitavas de final da Copa do Mundo, quando o Brasil eliminou o Chile nos pênaltis, mas foi igualmente disputado. Ao todo, foram 47 faltas, 32 no lado brasileiro, e seis cartões amarelos distribuídos pelo árbitro Martin Atkinson.

E com oito vitórias consecutivas depois de reassumir a seleção, Dunga defende que a seleção reveja as raízes do que se chama “jogo bonito”. “Todo mundo gosta de falar do jogo bonito mas ao final da partida o que conta é se a seleção ganhou ou perdeu”, disse Dunga ao jornal inglês Daily Mail. “O mundo evoluiu e muitas coisas mudaram. Nós precisamos seguir as novas tendências e ao mesmo tempo não ficar pressos ao passando ainda pensando na Copa do Mundo de 1970. Não vai dar certo. Temos que nos adaptar. Não penso na pressão. Apenas no meu trabalho. No Brasil as pessoas pensam em futebol 24h por dia. Não estamos engajados na economia ou na política. Apenas em futebol, futebol, futebol. O Brasil é um continente. O que o Norte quer não é necessariamente o que o Sul quer. Não há como agradar todo mundo. Temos 200 milhões de torcedores e técnicos”, finaliza. Com informações do Portal iG.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios