Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Novos reitor e vice da Uefs obtêm 87,7% dos votos da eleição

eleitor
Evandro do Nascimento Silva, eleito reitor da Uefs | FOTO: Secom |

Os professores doutores Evandro do Nascimento Silva e Norma Lúcia de Almeida foram eleitos para os cargos de reitor e vice-reitor, respectivamente, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), no quadriênio 2015-2019. Eles receberam 87,7% dos votos das três categorias da comunidade universitária – estudantes, funcionários e docentes. O pleito teve início na segunda-feira (30) e prosseguiu até as 22h de quarta (1), com a apuração concluída às 1h30 desta quinta (2).

Os candidatos concorreram pela chapa Mais Uefs, a única inscrita no processo eleitoral. Evandro do Nascimento e Norma Lúcia serão empossados no final de maio. Eles substituirão os atuais reitor e vice-reitor, os professores doutores José Carlos Barreto de Santana e Genival Corrêa, que administram a Uefs desde 2011. No primeiro mandato (2007-2011), José Carlos Barreto teve como vice-reitor o professor doutor Washington Almeida Moura.

O total de votantes foi de 2.794. A chapa Mais Uefs obteve 2.489 votos; sendo 197 em branco e 108 nulos. A votação obtida pela chapa equivale a 87,7% dos votos, considerando-se a proporcionalidade de um terço para cada segmento da comunidade interna, sistema adotado pela instituição desde a eleição de 2007.

Os professores Evandro do Nascimento e Norma Lúcia Almeida afirmaram que darão continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos 8 anos, em dois mandatos, pelo grupo Mais Uefs. Eles destacaram a transparência na administração e a valorização dos trabalhadores que constroem a Universidade (funcionários e professores). Citaram ainda o apoio aos estudantes, inclusive com a ampliação das políticas de ações afirmativas, que envolvem o acesso e a permanência.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios