CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Deputada petista critica o líder governista contrário à CPI do Metrô

edil
A deputada estadual Luiza Maia | FOTO: Reprodução |

“Nosso líder Zé Neto está querendo tomar o lugar do tucano Adolfo Viana na defesa de Imbassahy”, disparou a deputada Luiza Maia, do PT, no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, na tarde da última quarta-feira. A parlamentar retomou a defesa da instalação de uma CPI para apurar denúncias de irregularidades no metrô de Salvador, quando Imbassahy era prefeito, e rebateu o líder governista, que é contrário ao requerimento. “Da mesma forma que Imbassahy investiga e ‘está cuspindo para cima’, de ‘salto alto’, na CPI da Petrobras – como até Ze Neto disse -, tem que estar aberto a ser investigado também. Ou será que as denúncias do MPF e TCU não têm valor?”, contestou Maia.

Para a deputada, a Justiça precisa ser para todos “e não seletiva”. “Não se pode investigar alguns e outros não”, disse a petista. Ela quer que a CPI da Petrobras, no Congresso, também convoque as empresas citadas na operação Lava Jato, alvos das denúncias do metrô de Salvador. “Um metrô de 7 km levar 14 anos para ser construído já é motivo suficiente para investigar, imagine um superfaturamento de R$ 166 milhões?”, disse Maia. Ela ainda defendeu que a corrupção faz parte desse sistema político que precisa de uma reforma séria, “que esse congresso conservador não tem coragem de aprovar”. Do site Política Livre.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas