Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Centro Pan-Americano de Judô recebe visita do ministro do Esporte

foto1
Atletas do judô olímpico no Centro Pan-Americano de Judô, localizado em Lauro de Freitas | FOTO: Camila Souza/GOVBA |

Considerado espaço de referência para treinamento de judô por atletas, comissão técnica e gestores do esporte, o Centro Pan-Americano de Judô recebeu, nesta sexta-feira (10), a visita do ministro do Esporte, George Hilton. Acompanhado do secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes, e comitiva, ele conheceu o espaço e entregou certificados da Bolsa Pódio aos judocas que treinam no centro, localizado em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O ministro acompanhou parte do treinamento dos 18 atletas convocados para o Campeonato Pan-americano de Edmonton 2015, que acontece entre 22 e 26 de abril, no Canadá. Eles chegaram à Bahia, junto com a comissão técnica, no início da semana e devem permanecer até este domingo (12), treinando na estrutura, que possui dormitórios, quadra poliesportiva, piscina, auditório e um ginásio onde ocorrem as práticas da modalidade.

Os atletas comemoraram o espaço dedicado ao judô, que segue padrões internacionais, entre eles, a medalhista olímpica Mayra Aguiar. Ela treina para participar do pan-americano no Canadá e está feliz pela conquista para o esporte. “É um sonho sendo realizado. Sempre quisemos um lugar como esse, um espaço só nosso, que pudesse comportar atletas de base, da seleção, e ter um espaço bacana para treinar. Sem dizer que para a ‘cabeça’ também é um ambiente muito bom, de frente pra praia. Estamos muito felizes”.

foto3
Ministro do Esporte George Hilton, visita o Centro Pan-Americano de Judô e entrega certificados da Bolsa | FOTO: Camila Souza/GOVBA |

Parceria
Segundo o ministro George Hilton, a parceria entre os governos federal e estadual foi essencial para a construção do espaço. “Foram R$ 40 milhões investidos aqui, metade desses recursos do Governo da Bahia, através também da Lei de Incentivo ao Esporte. Esse tipo de associações permite que avancemos e possamos massificar a prática esportiva em território nacional. O grande legado dessas iniciativas é levar o esporte para os brasileiros e brasileiras com dificuldades de acesso às diversas modalidades esportivas”.

Álvaro Gomes afirmou que a ideia é utilizar as instalações do centro também em programas sociais que incluam crianças carentes da comunidade. “Além das grandes competições e mundiais, queremos transformar o equipamento em local de incentivo ao esporte, e também entender [que] o esporte é um fator capaz de inclusão social e desenvolvimento humano, através da preparação de jovens estudantes que recebam treinamento aqui”.

Bolsa Pódio
No centro, atualmente, estão treinando cerca de 70 pessoas, entre os atletas selecionados, judocas de base, baianos e comissão técnica. Eles foram recepcionados no auditório para a cerimônia de entrega de certificados da Bolsa Pódio, programa do governo federal que apoia e incentiva os atletas olímpicos e paraolímpicos que possuem chance de medalhas nos eventos mundiais do Rio 2016. Ao todo são beneficiados 224 brasileiros de diversas modalidades, 26 deles vinculados à CBJ.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios