Chapada: Vereadores de Nova Redenção apontam descaso no saneamento e na alimentação escolar

Postado em abr 14 2015 - 7:21pm por Jornal da Chapada
redençao

Realidade da alimentação escolar em Nova Redenção, de acordo com os vereadores da cidade | FOTO: Reprodução/Facebook |

Os vereadores de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, Tom da Topic (PP) e Ariston Teles (PT) criticam o descaso em que vive o município na gestão da prefeita Anna Guadalupe Azevedo (PSD). O edil Tom da Topic, por exemplo, reclama da infestação de ratos no município. “Além dos surtos de endemias já erradicadas como o calazar e a dengue, agora os ratos encontram em nossa cidade ambientes propícios para sua proliferação. Nova Redenção está jogada ao descaso, com esgotos a céu aberto, lixos nas ruas, entulhos, terrenos abandonados entre outros”, dispara o pepista. A preocupação do parlamentar com a infestação de ratos na cidade é justamente com as doenças que os roedores podem trazer para a população, principalmente nesta época de chuvas, como a leptospirose, peste bubônica e a tifo murino, todas transmitidas pelos roedores. O vereador vai entrar com um pedido de providência emergencial na Câmara Municipal sobre a falta de limpeza pública e de saneamento básico.

foto2

Ratos são ameaças para moradores de Nova Redenção | FOTO: Reprodução/Facebook |

Já o vereador petista Ariston Teles usou sua página no Facebook para denunciar a qualidade da alimentação escolar de Nova Redenção, que a gestão da prefeita Ana Guadalupe serve aos alunos da rede de ensino. “É indignante ver que a atual administração trata os alunos da rede municipal com uma crueldade sem tamanho, digo isso porque a qualidade da merenda escolar fornecida aos alunos é simplesmente desrespeitosa. É uma merenda compostas na grande maioria por produtos industrializados [biscoitos e sucos, arroz]. Se a prefeita tivesse o mínimo de compromisso e fizesse uma gestão com mais seriedade e transparência, essa triste realidade não era para está acontecendo, pois os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar [Pnae] são mais que suficientes para colocar em todas as escolas municipais merenda de qualidade”, assegura o edil.

foto2

Os vereadores Ariston Teles e Tom da Topic | FOTOS: Reprodução/Facebook |

O parlamentar municipal do PT lembra ainda que no ano de 2014, o município de Nova Redenção recebeu R$ 312 mil para a alimentação escolar. “A prefeita tenta enganar a todos nós, sociedade, alunos, pais e professores, com prestação de contas de merenda que nunca foram consumidas por alunos deste município. Por exemplo, celebrou contrato de mais de R$ 200 mil com a Associação de Produtores Rurais de Nova Redenção e vem fazendo pagamentos de vários itens da agricultura familiar. Fato é que a maioria desses produtos nunca foi parte do cardápio da merenda”, denuncia Ariston. De acordo com o processo de pagamento nº 2953/2014, realizado em 30 de dezembro de 2014, sob nota fiscal nº 32734714, no valor de R$ 28,3 mil, emitida no dia 29 do mesmo mês, consta itens que foram consumidos pelos alunos em dezembro de 2014, mas que nunca foram vistos pelos alunos na alimentação escolar.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.