CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Novos SineBahia vão aquecer a intermediação do emprego; Seabra terá unidade

foto
A construção das oito novas unidades será iniciada logo após a liberação de aproximadamente R$ 13,3 milhões | FOTO: Reprodução/Marcelo Reis |

Municípios baianos de Ribeira do Pombal, Jaguaripe, Araci, Seabra (Chapada Diamantina), Correntina, Salinas das Margaridas, Porto Seguro e Lauro de Freitas serão beneficiados, ainda este ano, pela Secretaria do Trabalho e Esporte (Setre) com a abertura de novas unidades do Serviço de Intermediação para o Trabalho (Sinebahia). A construção das oito novas unidades será iniciada logo após a liberação de aproximadamente R$ 13,3 milhões da segunda etapa do convênio 119/2012, firmado entre Setre e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em vigor desde dezembro de 2014. Recursos do convênio também serão aplicados na modernização das unidades do SineBahia de Bom Jesus da Lapa, Conceição de Coité, Livramento de Nossa Senhora, Xique–Xique e Guanambi.

Reinauguração de unidade
Março passado, a Setre reinaugurou em Itabuna, uma unidade do SineBahia. A nova fica no Shopping Jequitibá e funciona, de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h, com serviços de intermediação para o trabalho; seguro-desemprego; inscrições para cursos de qualificação; e emissão de documentação trabalhista.Tem capacidade para realizar 4.500 atendimentos mensais.

Aplicativo para celular
Lançado no final do ano passado, o aplicativo (APP) do SineBahia já ultrapassa o número de 30 mil downloads. Trazendo como conteúdo informações importantes para o trabalhador do emprego formal – como as vagas oferecidas pelo SineBahia em Salvador – e também para o trabalhador autônomo e empresas, o aplicativo vem sendo bem acessado.

Postos de trabalho
Nos primeiros 100 dias à frente da Setre, secretário garantiu aos trabalhadores baianos duas importantes vitorias: a manutenção de 800 postos de empregos no Call Center do Banco do Brasil na Bahia; e a suspensão de novas demissões da fábrica calçadista Vulcabras/Azaleia, localizada em Itapetinga, no Sudoeste do Estado. Na primeira, a expectativa era que as demissões chegassem a 1.500 vagas. “A idéia do Banco do Brasil era de mudar o Call Center para Recife. Mas, ponderamos e recebemos a garantia que os serviços vão continuar na Bahia. Haverá, inclusive, uma nova licitação”, declara o secretário.

Metas e projetos
Como novo presidente do Fórum Nacional de Secretarias do Trabalho (Fonset), Álvaro Gomes propôs ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ampliar as parcerias firmadas com a Setre nos projetos que vêm sendo executados na Bahia nos últimos anos. “Queremos projetos no campo do esporte, artesanato e da economia solidária com envolvimento de outras instituições. E um trabalho de qualificação profissional voltado, especialmente, para egressos do sistema prisional”, disse. Com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), manteve o convênio firmado desde setembro de 2010, que deu origem ao Observatório do Trabalho da Bahia.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas