CUT programa greve geral contra a terceirização para 1º de maio

Postado em abr 23 2015 - 8:59pm por Jornal da Chapada
greve

Os trabalhadores devem parar o Brasil no início de maio | FOTO: Reprodução/Pedro Granadeiro |

Em reação à aprovação na Câmara do projeto de lei que amplia a terceirização nas empresas, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) programa novos protestos e já discute convocar uma greve geral. O texto segue agora para o Senado. Ao todo, 230 deputados votaram favoráveis à emenda e 203 contra. A proposta foi apresentada pelo relator do projeto, o deputado federal Arthur Maia (SD-BA). O PT apresentou uma proposta que contrariava essa emenda, mas ela não foi apreciada.

“A luta não acaba com a votação na Câmara, o projeto ainda passará no Senado. Nós estaremos na rua e teremos um 1º de maio de luta. Vamos ampliar as mobilizações, fazer novos dias de paralisações e, se necessário, uma greve geral para barrar esse ataque nefasto e criminoso aos direitos da classe trabalhadora brasileira”, declarou o presidente da CUT, Vagner Freitas. Com informações do Brasil 247.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.