CidadesCuriosidadesMenu Principal

Bocapiu das Artes: Capim Grosso terá Feira de Cultura entre 15 e 17 de maio

cultura
O espaço da feira será utilizado também para discutir sobre o novo cenário cultural | FOTO: Reprodução/Secom |

A Associação Educativo-Cultural Tarcília Evangelista De Andrade (AEC-TEA) realiza nos dias 15, 16 e 17 de maio, a IV Feira de Cultura Bocapiu das Artes do Centro Norte da Bahia, na praça da prefeitura do município de Capim Grosso, no centro norte da Bahia, como parte da contrapartida do Programa de Ações Continuadas. O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

A Feira procura reunir artistas de diversas esferas culturais, tais como, as culturas tradicionais – piegas e samba de roda – além de apresentações artísticas locais e regionais, comércio de produtos artesanais, caminhada cultural, shows musicais, comidas típicas e outros serviços. O espaço da feira será utilizado também para discutir sobre o novo cenário cultural, as políticas públicas de fomento à cultura, e ainda troca de saberes e fazeres.

Programação
No dia 15, será realizado o encontro de culturas tradicionais, com grupos artísticos da região, integrando tais culturas com a juventude que desenvolve outras formas de arte, possibilitando aqueles que promove e vive da cultura de raiz, o acesso a divulgação, valorização e promoção do trabalho.

No dia 16 pela manhã, será oferecido à população e aos participantes um espaço de aprendizagem sobre as diversas linguagens do mundo artístico – oficina de circo, teatro, produção de boneco, contação de histórias e captação de recurso direcionado à cultura. À tarde, acontecerá o arrastão cultural pela avenida da cidade e, em seguida, será realizada uma “roda de conversa”, com o tema: Debate sobre as Políticas Públicas Culturais do Estado da Bahia – uma ideia do nosso cenário atual. À noite, haverá apresentações com artistas de grupos da região, encerrando a programação do dia.

E no dia 17 pela manhã acontecerá oficinas de tecelagem, fotografia, malabares e uma roda de conversa com grupos de capoeira da região. Nos períodos da tarde e noite haverá apresentações artísticas, encerrando as atividades do dia com um show ao vivo. Nos três dias da feira acontece, simultaneamente à programação citada, acontecem exposições e vendas dos produtos dos artesãos da cidade e região, além de apresentações culturais.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas