Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Bahia: Número de municípios em ‘situação de emergência’ por causa da seca sobe para 31

foto
Dos 31 municípios com situação de emergência decretada devido à estiagem ou seca, 16 estão perto da água do Rio São Francisco | FOTO: Reprodução/Inema |

Mais três cidades baianas entraram no rol das que estão em “situação de emergência” devido à estiagem. Passam a fazer parte da lista, Abaíra, na Chapada Diamantina; Macajuba, no Piemonte no Paraguaçu; e Matina, no vale do São Francisco, em um total de 31 cidades com o decreto já vigente no estado. Ainda aguardam o reconhecimento oficial, Nova Soure, e Feira da Mata, que enfrentam também estiagem. Em Abaíra, o decreto terá prazo de 180 dias, com efeito a partir de 24 de março. Em Macajuba, o prazo da situação de emergência valerá por 120 dias, contados a partir do dia 18 de março – quando o ainda prefeito Fernão Dias Ramalho Sampaio (assassinado em 2 de abril) assinou o decreto em âmbito local. Já em Matina, a situação de emergência vale por 180 dias com início em 10 de abril.

Com a inclusão dos municípios, publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (13), uma população de mais de 400 mil pessoas fica afetada diretamente pela seca e estiagem, segundo dados da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado (Sudec). Por ironia, os municípios que mais sofrem com a estiagem são os que ficam próximo ao Rio São Francisco. Dos 31 com situação de emergência decretada por problemas devido à estiagem ou seca, 16 estão perto da água do rio, nos territórios de identidade Sertão do São Francisco, Velho Chico e Bacia do Rio Corrente. Matéria extraída do Bahia Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios