Jornal da Chapada

Bombeiros formam primeira turma de soldados após emancipação

Formatura de 23 soldados do Corpo de Bombeiros no 10º Grupamento de Bombeiros Militares em Simões Filho | FOTO: Mateus Pereira/GOVBA |

Vinte e três homens e mulheres que participaram, nos últimos dez meses, do treinamento para oficiais do Corpo de Bombeiros se formaram soldados bombeiros militares, nesta terça-feira (16), em solenidade no 10º Grupamento dos Bombeiros Militares (10º GBM), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. Os soldados receberam o certificado que atesta a preparação teórica e prática.

Esta foi a primeira formatura desde que a corporação foi emancipada da Polícia Militar, em novembro de 2014, por meio de lei sancionada pelo Governo do Estado. A solenidade é um marco importante para a instituição que está se reorganizando, gradativamente, como força auxiliar e reserva do Exército. Familiares dos formandos, além de oficiais do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e outros órgãos do Estado, acompanharam a cerimônia.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, falou aos formandos sobre o passo importante da turma para a toda a corporação. “O Corpo de Bombeiros recebeu três marcos importantes para a história da instituição e essa formatura é a consolidação disso”. Ele citou a separação administrativa, orçamentária e financeira do Corpo de Bombeiros, o Código de Prevenção de Incêndio, que normatiza e dá ferramentas para o trabalho de forma preventiva, e a taxa de incêndio “que vai custear equipamentos de proteção individual e outros instrumentos para o cumprimento do dever desses bravos”.

Treinamento
Parte importante da preparação aconteceu no Centro de Treinamento e Instrução de Bombeiros, que funciona também no 10º Grupamento. Segundo o comandante do GBM, tenente-coronel Adson Marchesini, os soldados recebem diversos tipos de instruções técnicas para lidar com várias situações de perigo, como salvamento aquático, terrestre, salvamento com emergências médicas, uso de cães farejadores e outros.

“Estamos equipados para preparar bem o nosso pessoal e, quando eles saem daqui para os locais onde irão trabalhar, seja na capital ou no interior do estado, temos a certeza de que a sociedade poderá contar com bombeiros capacitados para atender às demandas e garantir o bem-estar da população”, explicou o tenente-coronel.

Segundo o comandante de Operações do Corpo de Bombeiros, coronel José Nilton Nunes Filho, a tropa ainda possui o diferencial de ter passado por treinamento de campo, além de simulações que ocorreram na Chapada Diamantina, onde o grupo foi submetido a situações reais de perigo.

“É com muito orgulho que a corporação apresenta à sociedade novos soldados, que marcam a emancipação da Polícia Militar e também que foram treinados e testados de maneiras diferentes para atender bem a quem precisa”, afirmou o comandante. Durante a formatura, Maurício Barbosa recebeu o título de padrinho do grupo, o secretário de Comunicação Social, André Curvello, foi homenageado como paraninfo, e o comandante do 10º GBM, o tenente-coronel Adson Marchesini, como amigo da turma.

Pular para a barra de ferramentas