2 de Julho: Suíca convoca militância e diz que partidos da base devem defender projeto do PT

Postado em jul 1 2015 - 7:25pm por Jornal da Chapada
suica

O vereador Luiz Carlos Suíca cobra posição da base política dos governos estadual e federal | FOTO: Ascom |

O líder da oposição na Câmara de Salvador, vereador Luiz Carlos Suíca (PT), convoca para este 2 de Julho a militância do partido e critica as bases políticas que não defendem o projeto em curso no país. Utilizando como referência a rejeição do projeto de emenda à constituição, que pedia a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, na Câmara Federal, o edil petista diz que “a peça só não foi aprovada por causa das manifestações que pressionaram os parlamentares federais” e que os “membros dos partidos da base aliada devem atuar na sintonia do governo e não por vontade ou prazer pessoal. Vamos caminhar em Salvador com a militância e cobrar as investigações de casos de corrupção em todas as áreas, seja no PT ou em qualquer outro partido, no governo ou em qualquer outro setor. E que os culpados sejam devidamente punidos. O que não pode é os partidos da base ficarem em zona de conforto e não assumirem suas posições”, destaca Suíca.

De acordo com o petista, parte da sociedade entendeu que a redução da maioridade penal não resolve o problema da violência no país. “Temos que investir em educação e infraestrutura e não em presídios. Todos nós sabemos que a redução é para colocar os negros atrás das grades”, completa Suíca. O vereador acredita ainda que o desfile de Independência da Bahia será mais um momento de expor o descontentamento da população com relação às pautas polêmicas que tramitam no Congresso e contra a corrupção.

“Tem que punir quem errou, mas cadê os partidos aliados que só querem levar os pontos positivos, os negativos ficam só para o PT? É preciso lembrar que a crise é da política, ou querem derrotar o PT para depois fazer outras alianças com novos projetos? Tem de defender o povo pobre, e por isso a redução da maioridade penal não passou”. O tradicional desfile de Independência da Bahia acontece nesta quinta-feira e deve contar com grupos políticos de diferentes agremiações da base do governo Rui Costa e da oposição ao prefeito de Salvador ACM Neto (DEM).

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.