Itaberaba: Oposição ensaia chapa para enfrentar sucessor de João Filho nas eleições de 2016

Postado em jul 6 2015 - 9:56pm por Jornal da Chapada
foto

O empresário Ivan do Mercadinho e o odontólogo Ricardo Mascarenhas devem compor a oposição para concorrer com a chapa que irá suceder o atual prefeito João Filho | FOTO: Reprodução/Montagem do JC |

Avaliando a conjuntura política do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, visando as eleições municipais de outubro de 2016, é fácil observar as estratégias, tanto da oposição quanto da situação, na escolha dos nomes para a sucessão do atual gestor João Almeida Mascarenhas Filho (PP). Para comentar apenas especulações no plano da política sobre a escolha dos pré-candidatos da oposição, já que ainda é cedo para definição de nomes, o Jornal da Chapada fez um breve relato do que acontece atualmente na cidade. Para a escolha de um nome, muitos acreditam que quanto mais cedo é apresentado, melhor e mais destaque ganhará o escolhido.

Não é novidade que o município passa por dificuldades em todos os setores, tendo o nome do prefeito João Filho envolvido em escândalos nacionais como aconteceu com a veiculação da matéria do Fantástico, na Rede Globo, quando o gestor foi acusado de cometer vários crimes contra a administração pública, inclusive de desviar um milhão de reais por mês. Portanto, mesmo tentando se livrar do desgaste político, a imagem do prefeito progressista sai arranhada no processo. Sem falar que, até o momento, ele não apresentou o nome de seu candidato a sucessor.

Como pré-candidato de João Filho, fala-se muito no vereador Zenildo Nascimento Aragão, o popular Paraná (PHS), que atualmente preside a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores. Porém, o que se ouve nas ruas e nas redes sociais, é que Paraná não decola, pois João Filho, mesmo com a ‘máquina na mão’, não tem votos pessoais para eleger seu ‘pupilo’. Filho administra ainda com o espólio eleitoral do irmão, o ex-prefeito Jadiel Almeida Mascarenhas. Esse, por sua vez, mesmo afastado da política partidária e da administração, ainda é visto como o ‘Pelé do Grupo’. Ou seja, tem mais de três mil votos pessoais escondidos nas hostes do prefeito João Filho.

Em meio a esse turbilhão de incertezas e conjecturas, do lado da oposição surgem os nomes do comerciante e empresário Ivanildo de Almeida, o popular Ivan do Mercadinho, e do jovem dentista e empresário Ricardo Mascarenhas (sem partido). Ambos, por exemplo, podem ser adversários do candidato do prefeito nas próximas eleições. Os políticos já ensaiam uma chapa majoritária com a presença dos dois e com o apoio da base opositora, o que ameaça a hegemonia de João Filho.

Depois do nome de Ivan do Mercadinho, o nome do jovem Ricardo é o quem mais sobressai nas redes sociais que, por sinal, será uma das principais ferramentas de comunicação do próximo pleito, assim acreditam os futuristas. Se Ricardo ou Ivan estão prontos ou vão aceitar o desafio não se sabe dizer, pois, como já dito, ainda é cedo para questionar. Entretanto, neste momento, o diagnóstico se baseia apenas na leitura das ruas e das redes.

foto

O município de Itaberaba já começa a tratar das eleições de 2016, mais de um ano antes do pleito | FOTO: Carlos Augusto/JGB |

Conforme análise, tanto Ivan quanto Ricardo têm potenciais para serem bons candidatos e chegarem a prefeitura. Primeiro porque, segundo relatos, ambos são flexíveis, estão dispostos a apoiar e serem apoiados. É possível até que uma pesquisa seja solicitada – o Jornal da Chapada também pretende fazer isso – para saber quem está em vantagem, e qual dos dois possui menor rejeição e, quem tiver melhor colocação será o candidato e o outro ficará com a vice. “O importante do processo é sair dele vitorioso”, diz um dos articuladores.

Neste caso, uma dobradinha – Ivan/Ricardo – tem tudo para dar certo, afinal, Ivan se identifica com todas as classes sociais do município, sem falar que há tempo vem fazendo sua política de ‘corpo a corpo’, visitando os bairros periféricos e a população da zona rural para conhecer de perto as necessidades do povo mais vulnerável socialmente. Já Ricardo Mascarenhas, para quem não sabe, é filho do ex-prefeito Jadiel Mascarenhas, que teve prestígio político para colocar seu irmão na prefeitura e, diga-se de passagem, o mérito da eleição de João Filho foi todo de Jadiel, pois o mesmo não sabia nem o que era política. Pelo visto, continua sem saber!

Como diz o adágio popular, “a voz do povo é a voz de Deus”, agora está na hora de todos da oposição se juntarem em torno da dupla para mostrar que unidos são fortes o bastante para peitar João Filho. Sem dúvida, o que se espera é renovação para aumentar a possibilidade de se desmanchar este ciclo vicioso que se assiste a cada dia do ano, com o povo nas rádios reclamando que não tem saúde, educação, e que a cidade está com ruas sujas e a corrupção enraizada em diversos setores.

Deninha Fernandes – editora chefe do Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.