Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

‘Nem conto o que se passou comigo em 11 anos’, diz Barbosa em apoio a jornalista

barbosa
Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa | FOTO: Reprodução |

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa usou o Twitter no domingo, 5, para mandar duas mensagens de apoio à jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju, do Jornal Nacional, da TV Globo. Ela foi alvo de comentários racistas na noite de quinta-feira (2), na página oficial do telejornal, no Facebook. Internautas escreveram posts pejorativos sobre a cor da pele da repórter em uma publicação que continha a foto dela com a previsão do tempo para o dia seguinte. “Pois é, Maju. Aqui é assim. O pior é que boa parte dessa gente ainda se acha relevante, tem veleidades de ser vista como pessoas civilizadas”, disse Barbosa no primeiro post. Publicações em defesa de Maju logo surgiram após as críticas.

Leia também:
MP apura racismo e injúria contra apresentadora do tempo da TV Globo

Na tarde de sexta-feira (3), um usuário do Twitter postou uma crítica ofensiva à jornalista, que foi rebatida por ela. “Beijinho no ombro”, respondeu Maju. “Adorei tua resposta, Maju. Nem te conto o que se passou comigo nos 11 anos em que ocupei posição de alta responsabilidade e visibilidade…”, afirmou o ex-presidente do STF. Joaquim Barbosa ficou onze anos no Supremo, entre 2003 e 2014. Ele presidiu a Corte máxima no julgamento do Mensalão, a histórica Ação Penal 470 que levou para a cadeia quadros importantes do PT, inclusive o ex-ministro-chefe José Dirceu (Casa Civil no governo Lula). Barbosa não entrou em detalhes, porém, sobre o que ele viveu em onze anos na Corte máxima. Na sexta-feira, o Ministério Público do Estado (MPE) do Rio informou que instaurou um procedimento investigatório criminal para apurar os comentários racistas contra Maju.

Em nota, a TV Globo informou que as mensagens racistas contra Maju haviam sido retiradas da página do Facebook do Jornal Nacional. O âncora do Jornal Nacional William Bonner, a apresentadora Renata Vasconcellos e a equipe do telejornal fizeram um vídeo em resposta aos comentários preconceituosos. Sem citar a polêmica, Bonner falou: “A gente queria dar um recado para vocês. E o recado é esse aqui, ó: ‘somos todos Maju’”. A hashtag “SomosTodosMajuCoutinho” ficou em primeiro lugar nos Trend Topics do Twitter. Da Agência Estado.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios