População mundial vai crescer, mas a do Brasil estará menor em 2100, diz a ONU

Postado em jul 29 2015 - 7:40pm por Jornal da Chapada
foto

O Brasil está entre os dez maiores países em população, entre os quais México, Nigéria, Paquistão, Estados Unidos e Rússia | FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil |

A população mundial vai aumentar de 7,3 bilhões de em 2015 para 11,2 bilhões, em 2100, mas no Brasil diminuirá de 207 milhões atualmente para 200 milhões em 2.100, de acordo com o relatório Perspectivas da População Mundial, divulgado nesta quarta-feira (29) pela Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com o relatório, o encolhimento da população brasileira não ocorrerá de imediato: em 2050, o Brasil deverá ter 238 milhões de habitantes, mas a redução, a partir de 2.050, será motivada por taxas de natalidade mais baixas. A idade média do brasileiro, atualmente, é 31 anos e será de 50 anos em 2100. A expectativa de vida, que hoje está em 75 anos, alcançará 88 anos em 2100, conforme o relatório da ONU. O Brasil está entre os dez maiores países em população, entre os quais México, Nigéria, Paquistão, Estados Unidos e Rússia.

Segundo a ONU, o aumento da população mundial pode ser atribuído a uma pequena lista de países com altos índices de fertilidade, especialmente na África. Até 2050, nove países vão concentrar metade do crescimento populacional: Índia, Nigéria, Paquistão, República Democrática do Congo, Etiópia, Tanzânia, Estados Unidos, Indonésia e Uganda. China e Índia continuam sendo as únicas nações com mais de 1 bilhão de habitantes cada, mas a população indiana deve ultrapassar a chinesa em 2022, de acordo com o relatório. O estudo revela que a maior taxa de crescimento populacional nas próximas três décadas estará concentrada na África. Pela projeção da ONU, a população de 28 nações desse continente irá dobrar. Até 2100, Angola, Burundi e República Democrática do Congo estarão entre os dez países da África com maior aumento populacional. Da Agência Brasil.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.